Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Preso motorista de app suspeito de sequestrar e estuprar adolescentes

Uma das garotas foi colocada no porta-malas do carro enquanto a outra era abusada sexualmente. Mais tarde, a jovem também foi estuprada

O Liberal

Um motorista de aplicativo foi preso nesta quarta-feira (19) por agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), suspeito de sequestrar e estuprar duas adolescentes na madrugada do último dia 13 de dezembro. O crime teria acontecido em Benfica, Zona Norte do Rio de Janeiro, e para garantir que não teria resistência, enquanto abusava de uma das garotas, o suspeito mantinha a outra presa no porta-malas do carro. As vítimas foram abandonadas em outra região da cidade. As informações são do site Último Segundo, do IG.

No momento da prisão, o homem dirigia o veículo que usou para cometer os crimes. Os agentes da Polícia Civil identificaram o veículo Sedan, branco, com a ajuda de câmeras de segurança do local onde as adolescentes foram sequestradas. Nas imagens, os agentes conseguiram ver que o suspeito trafegava por uma rua e, ao avistar as garotas, fez uma conversão proibida e entrou em outra rua, para depois abordar as vítimas.

Investigação

As adolescentes relataram, em depoimento, que o homem utilizava um telefone preso a um suporte no painel do veículo, com GPS. Os policiais tentaram contato com a plataforma de viagens por aplicativo, mas não obtiveram sucesso ao conseguir a identidade do suspeito.

Com as câmeras de segurança, a equipe da polícia conseguiu identificar a placa do carro. O veículo havia sido vendido para uma agência de automóveis. No estabelecimento, os policiais encontraram o endereço do novo dono. Ele informou que havia alugado o carro para um motorista de aplicativo.

Com as informações em mãos, os policiais conseguiram localizar o suspeito e encaminhá-lo à sede da delegacia especializada. No local, ele foi reconhecido pelas vítimas. O mandado de prisão preventiva contra o homem foi expedido pela 5ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.

De acordo com o delegado titular da DCAV, Adriano França, existe a possibilidade de que outras vítimas vão surgir no decorrer das investigações.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL