Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Padre se recusa a ‘dar benção’ após ver que cães são pajens em casamento

Os animais foram resgatados e cuidados pelos noivos e por isso levaram as alianças na cerimônia

Maiza Santos

Um padre se recusou a dar a bênção em um casamento e criticou os noivos após ver que os pajens do casal eram dois cães. Antônio Eliwelton da Silva e Brenda Jamille escolheram os pets “Scooby” e “Pipoca” para carregarem as alianças até o altar, mas a atitude desagradou o sacerdote e a situação foi muito criticada na web. Entenda.

VEJA MAIS

Influenciadora de Belém causa polêmica ao dizer que 'gato de rua' podia ter 'pira' e era 'piolhento'
Após a repercussão negativa do caso, Gabrielle Santiago pediu desculpas aos seguidores

Como cuidar de um cachorro ou gato antes e após castração?
Confira um mini manual de o que fazer para ajudar o animal de estimação ter uma recuperação melhor

Antônio e Brenda são balconistas e também protetores de animais. Eles escolheram os cães para pajens do casamento, que aconteceu no último sábado (14), no Ceará, devido à relação de carinho que possuem com os pets: Pipoca foi resgatada cega e Scooby foi socorrido de um atropelamento, ambos foram cuidados com amor pelos noivos.

No entanto, para a surpresa do casal e de todos os convidados no dia do casório, o padre se negou a dar a bênção final por não concordar com a entrada dos cãezinhos na igreja. Ao ver os animais entrando com as alianças, o padre repreende a atitude: "Isso é o cúmulo", diz ele.

Segundo o noivo, a atitude deixou todos muito constrangidos. Ele também destaca que a entrada dos cães havia sido combinada no dia anterior ao do casamento e que pagaram R$ 310 como taxa de matrimônio. “A bênção final, a parte mais esperada do casamento não aconteceu, pois ele saiu do local logo depois da gente assinar os papéis. Aí ficamos lá constrangidos”, informa Antônio.

VEJA MAIS

Onde passear com pet em Belém: confira docerias que aceitam a entrada de cachorros e gatos
Muitas docerias e cafés de Belém permitem a entrada e permanência de cachorros e gatos. Confira quais são

Veja como tirar cheiro de urina e pelos de gato dos móveis da casa
Confira como fazer em casa alguns produtos simples para manter os ambientes limpos e com um cheiro bom

O casal é proprietário há quase quatro anos do Instituto Lilica, uma instituição que cuida de 130 cachorros e 40 gatos. Scooby e Pipoca, que levaram as alianças no dia do casamento, receberam cuidados da instituição.

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora Web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL