Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher humilhada por erros de português ao enviar currículo recebe oferta de emprego

A atendente sugeriu que a cuidadora de idosos não encontrava trabalho devido aos erros de português

O Liberal

A cuidadora de idosos Cristiane Barros, de 43 anos, recebeu ajuda e ofertas de emprego após ser hostilizada por uma atendente de asilo ao enviar um currículo para uma vaga. Devido alguns erros de português, a funcionária sugeriu que a mulher procurasse um curso e 'por isso não arrumava vaga de trabalho'. As informações são do G1 Nacional. 

Durante a conversa, a atendente do asilo, localizado em Sorocaba, São Paulo, fala de maneira hostil e passa a corrigir os erros de Cristiane. "Não existe AGENTE é A GENTE. Seria bom você fazer um curso de português, pode ser que seja por isso que você não consegue uma vaga de trabalho", disse a mulher, confira:

(Reprodução / Redes Sociais)

A cuidadora revelou que pediu desculpas pelos erros e que chegou a tentar enviar novas mensagens, mas seu número foi bloqueado pela clínica. "Eu me senti muito mal. É muito triste pensar que existem pessoas assim, principalmente trabalhando com idosos. Fiquei chateada, porque não sou uma pessoa do mal. Fiz o curso, estou procurando emprego e batalhando por isso. Eu errei, alguns deles foram o corretor e não consegui arrumar. Foi sem querer", confessou Cristiane. 

Com a repercussão nas redes sociais, ela obteve ajuda para melhorar seu currículo, além de dicas para ir bem nas entrevistas e ofertas de emprego em São Paulo e Rio de Janeiro. "Estou muito feliz e muito agradecida. Ainda estou analisando as propostas. Aceitei a ajuda de refazer o currículo", declarou.

O G1 tentou entrar em contato com o asilo, que informou que não tinha conhecimento sobre o ocorrido, mas que lamenta esse tipo de conduta e não compactua com o comportamento da atendente. "Continuaremos as investigações internas e, caso algum prestador de serviços tenha realizado a conduta em nome da empresa, adotaremos as medidas corretivas necessárias", relataram.

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL