Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Médico infectologista é espancado por defender lockdown

José Eduardo Panini levou chutes e socos após defender a medida de isolamento

Com informações do portal UOL

O infectologista José Eduardo Mainart Panini usou as redes sociais nesta segunda-feira (1º) para registrar que foi vítima de agressões por defender o lockdown em Toledo, no Paraná. O caso aconteceu na última sexta-feira (26) e a violência, segundo ele, foi praticada por dois conhecidos seus após ele tentar alertar um grupo de pessoas sobre os riscos da covid-19 sem a adoção do isolamento.

 

 

"Ao tentar alertar pessoas conhecidas sobre os perigos da doença se não houver o isolamento, a resposta que me foi dada foram chutes e socos. Enquanto um me segurava o outro me agredia. Enfim, pessoas assim que ajudaram a situação chegar onde está", comentou na legenda da foto publicada no Instagram em que aparece com o rosto deformado pelas agressões. 

"Baseado nos números não há mais nada a fazer, senão as coisas só piorarão", reforçou o médico, que atende no sistema público municipal de saúde. Mesmo diante do ocorrido, Eduardo Mainart disse que não pretende desanimar e desejou força aos trabalhadores da saúde.

A Prefeitura de Toledo divulgou nota de repúdio e defendeu o médico. "Entendemos que toda a agressão é injustificável e inaceitável", diz o texto. E reforçou que, embora a agressão tenha ocorrido fora do ambiente e horário de trabalho do profissional, a administração colocou a sua disposição todo o suporte necessário.

O Centro Acadêmico de Medicina de Toledo, da Universidade Federal do Paraná (UFPR) também publicou nota de repúdio e se declarou extremamente indignado com a situação. "O trabalho do Dr. José Eduardo e dos demais médicos é de orientar a melhor forma para

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL