#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end

Inundações no RS: Bombeiros resgatam égua que estava há 10 dias em 3º andar de prédio

Os agentes não sabem como o animal chegou ao apartamento

Luciana Carvalho
fonte

Uma égua que estava presa no terceiro andar de um prédio residencial, após as inundações que afetam o Rio Grande do Sul, foi resgatada na noite desta terça-feira (14/05) pelo Corpo de Bombeiros. A operação envolveu cerca de 15 pessoas e ainda não há informações sobre o local para onde o animal será encaminhado. O caso aconteceu em São Leopoldo, no Vale do Sinos.

O condomínio está vazio por conta das inundações provocadas pelas enchentes que atingiram o estado gaúcho na última semana. O animal foi resgatado por volta das 19h30.

"Provavelmente, em uma forma de alcançar um local seguro, o cavalo deve ter subido pela escadaria do prédio, conforme a água ia avançando, e ficou preso de certa forma nesse apartamento", explicou o Capitão Gularte, do Corpo de Bombeiros.

VEJA MAIS

image Operação de resgate salva cavalo preso no telhado após inundações no RS; veja as imagens
Equipes do Exército Brasileiro, bombeiros e veterinários estão com o cavalo Caramelo que está em Canoas, no RS

image Inundação no RS: Como está o cavalo Caramelo, resgatado de cima de um telhado após 5 dias?
Resgate do animal comoveu o Brasil

image Felipe Neto tenta adotar cavalo resgatado em telhado após inundações no RS: ‘Darei tudo do melhor'
O animal foi resgatado em Canoas, Rio Grande do Sul, na manhã dessa quinta-feira (09), identificado como macho e foi apelidado de “Caramelo” pelos internautas

Os agentes, que estavam acompanhados de veterinários, alimentaram o animal e providenciaram água ao equino. Até o momento ninguém sabe como, de fato, o animal chegou ao apartamento. De acordo com o síndico do condomínio, o cavalo estava há dez dias no local. 

Caso semelhante

Na última quinta-feira (09/05), o cavalo Caramelo comoveu o Brasil após ficar ilhado por quatro dias em um telhado no município de Canoas, também por conta das inundações provocadas pelas fortes chuvas. O animal teve quadro de desidratação e ainda precisa recuperar o peso que perdeu durante o período em que ficou ilhado.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL