Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem se passa por policial, invade a casa da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e faz reféns

O criminoso atuou em um grupo, que fugiu com um par de brincos de diamante e R$ 400 em dinheiro

Luciana Carvalho

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga um roubo na residência da Embaixada dos Estados Unidos, em Brasília. Segundo as investigações, um criminoso se passou por policial civil para abordar um casal que estava em uma casa alugada pela Embaixada dos Estados Unidos, no Setor de Mansões Dom Bosco (SMDB), no Lago Sul. O caso ocorreu nesta segunda-feira (04) por volta das 22h. As informações são do portal Metrópoles.

Segundo informações, um dos suspeitos foi visto, já dentro do imóvel, por uma jovem de 21 anos. Ela estava com o namorado, um americano também de 21, filho de funcionários da embaixada americana. Ao ser questionado sobre o que estava fazendo no local, o ladrão se identificou como policial civil e afirmou que estava apurando um crime.

Logo em seguida, o comparsa do assaltante apareceu segurando uma barra de ferro e começou a questionar onde estava o dinheiro. As vítimas foram levadas para o escritório, enquanto os dois homens vasculhavam a casa.

VEJA MAIS

Turista grava mulher furtando do pescoço dele corrente de ouro durante abraço
A vítima, que filmou o momento do furto, só percebeu o ocorrido após rever o conteúdo. A jóia era de ouro e pertencia ao avô do rapaz

Mãe do prefeito de Tucuruí é assaltada por dupla de moto; policial à paisana prende acusado
Imagens de câmeras de segurança registraram o momento do roubo

Sem encontrar objetos de valor, os suspeitos levaram os reféns para uma suíte. Eles passaram a questionar sobre a localização de um suposto cofre e pediram itens de valor. O jovem mostrou onde estavam guardadas as joias.

Mesmo colaborando, o casal foi ameaçado durante toda a ação e teve que permanecer de cabeça baixa. Furiosos, os ladões chegaram a falar que, caso não encontrassem nada, levariam o rapaz com eles.

Os assaltantes também chegaram a cogitar invadir a casa da frente, mas desistiram. Eles fugiram com um par de brincos de diamante e R$ 400 em dinheiro.

O caso é investigado como roubo com restrição de liberdade pela 10ª Delegacia de Polícia no Lago Sul (DF). Os criminosos ainda não foram localizados.

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Tainá Cavalcante, editora web de Oliberal.com)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL