Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ganhador da Mega-Sena tem prisão decretada por não pagar pensão

Premiado com quase R$ 20 milhões, ele deve R$ 160 mil em pensão alimentícia e pode passar até 60 dias em regime fechado

O Liberal

Depois de disputar por seis anos um prêmio milionário da Mega-sena na Justiça, um morador de Tangará (SC) conseguiu um acordo em que receberia metade do valor da bolada, sorteada em 2001, que corrigido ultrapassava R$ 40 milhões. Mas, por ironia, esta semana o titular da comarca, juiz Flávio Luís Dell’Antonio, determinou que o mesmo homem fosse preso por uma dívida calculada em R$ 160 mil de pensão alimentícia. O caso foi divulgado pelo portal Metrópoles.

Pela decisão, o réu ficará preso até quitar três parcelas atrasadas devidas até junho, além das posteriormente vencidas, tudo devidamente atualizado com juros e correção monetária. O prazo da prisão é de 60 dias, em regime fechado. A falta de pagamento ou atraso no pagamento da prisão alimentícia pode resultar na negativação do nome em instituições financeiras de crédito e na prisão do devedor.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL