Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Filha de juíza ameaça PMs após tentar obrigá-los a conseguir vaga de estacionamento

"P*rra, até agora não arrumaram a minha vaga. Vou tirar uma foto deles e mandar para a mamãe", disse a mulher após xingar os policiais

Luciana Carvalho

A médica Paula Gonçalves Carneiro, 34 anos, se apresentou como filha de juíza para uma equipe da Polícia Militar do município de Ubá em Minais Gerais (PMMG), no último fim de semana, e tentou obrigar os policiais a “arrumarem uma vaga” para que ela estacionasse o veículo. Com sinais de embriaguez e bastante irritada com a negativa dos militares, ela chegou a desafiar os PMs que a prendessem. As informações são do portal Metrópoles.

 “Sou filha da juíza da Vara de Infância e Juventude. Só queria um lugar para parar, sem confusão”, disse a filha da magistrada. Em resposta, um dos soldados rebateu dizendo que era policial, e não flanelinha. “P*rra, sério? Tá de sacanagem?”, retrucou a filha da magistrada. Descontrolada e aparentemente embriagada, a mulher passou a xingar os policiais. “Tá com problema, velho? Me prende, p*rra, me prende, velho. Me prende, filha da p*ta, tu é macho ou não é?”, desafiou a mulher. Veja o vídeo:

Outra pessoa que estava na companhia da médica no veículo, tentava, a todo instante, conter o avanço da filha da magistrada. No entanto, Paula Gonçalves ordenou que a amiga pegasse o celular. “P*rra, até agora não arrumaram a minha vaga para parar. Me dá um carregador. Me dá meu celular. Vou tirar uma foto deles e mandar para mamãe”, ameaçou a médica.

VEJA MAIS

Promotoria Militar apura vídeo que mostra confusão entre policiais e populares no Ver-o-Peso; vídeo
Situação ocorreu hoje e provocou rebuliço no entreposto comercial. Quatro pessoas foram presas por desacato, como informa a PM

Homem ameaça guarnição policial com terçado e é preso por desacato
Diante da ameaça, a polícia informou que precisou fazer um disparo em direção as pernas do homem para conter as agressões

VÍDEO: Após briga, PM faz disparos e jogador é detido por desacato em campeonato estadual
O fato ocorreu no Campeonato do Mato Grosso do Sul de 2021

A reportagem entrou em contato com o comando do batalhão da PMMG responsável pela área de Ubá (MG), mas, até a publicação desta matéria, a corporação não havia respondido. O Metrópoles não conseguiu localizar a médica que aparece nas imagens desacatando os policiais militares.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL