Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Domador de leão é preso 25 anos após animal matar uma criança

Homem perdeu o controle do felino, que atacou uma criança de 4 anos

Emilly Melo

Um homem de 48 anos foi preso, condenado por homicídio doloso, ocorrido há 25 anos em Tianguá, no interior do Ceará. O artista circense trabalhava como domador de leões na época e responde pela morte de uma criança de quatro anos. As informações são do Diário do Nordeste. 

A PRF informou que a detenção aconteceu quando agentes abordaram o condutor de um veículo VW Crossfox no Km 8 da BR 459, no município de Poços de Caldas (MG), durante uma ação policial, orientada pelo serviço de inteligência da instituição.

VEJA MAIS

Leão de 'franja' é flagrado em zoológico e gera questionamento na web
O visual do leão dividiu a opinião dos internautas, que passaram a debater se a franja teria sido feita por alguém do zoológico

Ele foi conduzido ileso à Depol de Poços de Caldas (MG) e o veículo foi encaminhado para o pátio credenciado da PRF.

O caso

O homem trabalhava como domador de leão na época do ocorrido. Durante uma exibição do animal pelas ruas da cidade, para chamar atenção do público para o circo que estava instalado naquela localidade, ele perdeu o controle do felino, que atacou e matou uma criança de quatro anos.

Em um consulta aos sistemas de segurança pública, foi verificado a existência de um mandado de prisão, pendente de cumprimento, emitido em 18 de maio de 2018, pela 1ª Vara da comarca de Tianguá, relativo ao crime cometido há 25 anos.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Hamilton Braga, coordenador do Núcleo de Política)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL