Delegado instrutor de tiro é baleado e namorada morre durante briga

Polícia suspeita de feminicídio, mas a hipótese de que Priscila tentou matar o instrutor, que poderia ter se defendido, ainda não foi descartada

Com informações do Uol

Um delegado da Polícia Civil foi encontrado baleado em um apartamento em São Bernardo do Campo (SP), na manhã desta quarta-feira (20). A namorada dele, identificada como Priscila Delgado de Barros, foi achada morta no local, também com marca de tiro. Paulo Bilynkyj é instrutor de tiros.

A principal suspeita é de que houve um tiroteio durante uma briga do casal. Os policiais acreditam em feminicídio, mas a hipótese de que Priscila tentou matar o instrutor, que poderia ter se defendido, ainda não foi descartada.

Colegas de trabalho de Paulo afirmaram que ele se encontra em estado grave em unidade de terapia intensiva (UTI). Os tiros atingiram dedo, perna e abdômen do delegado.

O prédio onde ocorreu o crime é o mesmo em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem residência principal. De acordo com a assessoria do ex-mandatário, o petista não estava em casa na hora do trágico episódio.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL