Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Corpos de mortos por Covid-19 estão sendo amontoados de maneira irregular em UPA

O aumentando de casos de contaminados pelo vírus tem deixado o necrotério do local sem espaço para os óbitos

Com informações do UOL

Corpos de pacientes que morreram por complicações da Covid-19 ficaram expostos de maneira inadequada em frente sala de emergência. O descaso ocorreu na última quarta-feira (31), por falta de espaço no necrotério da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Pampulha, em Belo Horizonte (MG).

A denúncia foi feita pelo Sindibel (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais). A classe afirma que muitas pessoas estão vindo a óbito por falta de assistência adequada, por as UPAS não serem transformadas de forma permanente em CTIs (Centro de Terapias Intensivas), voltadas para o atendimento de pacientes em estado grave ou potencialmente grave.

Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte relatou que as UPAs da capital estão sofrendo com o aumento excessivo na procura por atendimentos para pacientes acometidos com sintomas do vírus. 

"A covid-19 é uma doença grave e muitos casos evoluem para óbito. Infelizmente ocorreram óbitos na UPA Pampulha. É importante esclarecer que essas pessoas estavam sendo assistidas por profissionais na sala de emergência", comunicou.

De acordo com a Prefeitura, estão sendo trabalhadas estratégias para ampliar o atendimento aos pacientes da região, deixando as UPAs acolhendo casos sintomáticos respiratórios.  

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL