Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ataque em ônibus: veja o que se sabe sobre o homem que matou passageiros a facadas

Três pessoas morreram e outras três ficaram gravemente feridas após o ataque no coletivo

Maiza Santos

Após um possível surto psicótico, um homem identificado como José Antônio Santana Filho matou três pessoas e deixou outras três feridas em um ônibus de Piracicaba, interior de São Paulo. O crime, que aconteceu na última terça-feira (21), está sendo investigado pela polícia. O acusado permanece preso. Confira o que se sabe sobre o crime.

VEJA MAIS

Pânico: homem entra em ônibus e mata três pessoas a facadas
Passageiros ficam em choque com ataque aparentemente aleatório; polícia consegue prender assassino

Suspeita de matar homem com 29 facadas é presa no Marajó
A vítima foi identificada como Axl Sousa Nunes e o caso aconteceu na última segunda-feira (13).

Jovem desfere mais de oito facadas no próprio irmão em Marabá
A vítima foi socorrida para o Hospital Municipal de Marabá (HMM), onde permanece internada em estado grave

O ataque

O homem atacou pessoas dentro de um coletivo na região central de Piracicaba. Dentro do ônibus estavam entre 35 a 40 passageiros. O veículo havia acabado de deixar o terminal central da cidade quando as agressões começaram. O local foi cercado e isolado pela Polícia Militar.

As autoridades contaram que o homem teve um surto psicótico e atacou pessoas de maneira aleatória. Ele não anunciou assalto e começou a desferir facadas nos passageiros, aparentemente sem motivo.

Testemunhas contaram que o acusado estava em um dos assentos do coletivo e, de repente, se levantou, sacou a arma branca e partiu em direção às vítimas sem dizer uma palavra.

"Ele meteu faca em todo mundo. Quem ele pegasse, tava matando. Ele olhou pra mim e falou: 'O próximo é você'. Aí eu peguei uma bolsa e joguei na cara dele. Foi na hora que ele caiu. Ele foi mais ligeiro, pegou a faca e deu um golpe, eu escorreguei e caí por cima da menina ali que morreu. Aí ela ficou pra trás", relatou a um dos passageiros.

Dois policiais cercaram o ônibus e pediram reforços. O assassino ainda tentou escapar e jogou sacolas na direção dos PMs. Após negociação, ele se rendeu e foi preso em flagrante.

As vítimas

Entre as pessoas que morreram, que não tiveram os nomes divulgados, estão duas mulheres, de 42 e 55 anos, e um idoso, de 68 anos. Eles foram a óbito dentro do ônibus. 

Outros três passageiros ficaram feridos e precisaram ser levados para hospitais da região, dois deles em estado grave.

O assassino

autor do crime  foi identificado como José Antônio Santana Filho, de 52 anos. Ele possui passagem pela polícia. Para a delegada Juliana Ricci, o acusado não tinha motivação para o crime: "Ele não tinha nenhum vínculo com essas vítimas. Foram escolhidas de forma aleatória, porque foi esfaqueando dentro do ônibus", apontou.

Os policiais que prenderam o homem disseram que ele falava frases desconexas. Não há informações se ele estava sob efeito de álcool ou drogas e a polícia trabalha com a hipótese de surto psicótico

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Ana Carolina Matos)

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL