Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Após levar tapa no rosto, homem esquartejou amigo e o colocou em mala

O rapaz de 24 anos confessou o crime que cometeu em 2018

com informações do Metrópoles

Uma briga por ciúmes e um tapa no rosto foram os motivos para a morte e o esquartejamento de Venilson Rodrigues dos Reis, em Goiânia (GO). Partes do corpo dele foram colocadas em uma mala e em sacos plásticos, deixados dentro do banheiro de uma pensão, em maio de 2018.

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) resolveu o caso ao prender, nesta quarta-feira (3/3), em Marianópolis (TO), o amigo da vítima que morava no mesmo local, Gerlan Rodrigues de Lima, de 24 anos. O rapaz confessou o crime e disse que usou uma faca para matar Venilson, depois de receber o tapa.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Gerlan contou em depoimento que deu várias facadas no colega e que decidiu, então, esquartejar o corpo, usando, também, um facão e uma marreta. 

O suspeito fugiu de Goiânia no dia seguinte. Desde então, a investigação passou a monitorar o caminho que ele teria tomado para localizá-lo. Ele passou por pelo menos duas cidades (Palmas e Pindorama), antes de se instalar em Marianópolis, que fica a 900 km de Goiânia.

“Na data do fato, eles estavam assistindo à TV na área comum da pensão, até que a vítima teria usado drogas e ficado alterada, passando a discutir com o suspeito. Segundo o investigado, Venilson o acusou de tentar se aproximar da namorada dele. ‘Deu a doida’ e falou que o cara estava olhando para a mulher dele”, conta o delegado.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL