Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Advogado se enrola com tela compartilhada e é flagrado xingando juíza

Defensor foi pego ofendendo a magistrada em um julgamento virtual e tentou se explicar

Com informações do portal Metrópoles

Um julgamento virtual acabou em uma tremenda saia justa no último dia 22 de março. Por um descuido no compartilhamento da tela do computador, o advogado Raphael Bueno acabou sendo flagrado xingando a juíza que conduzia o caso. 

Diante da negativa da juíza Edinéia Carla Poganski, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-9), a um pedido para que uma parte no processo em julgamento fosse considerada suspeita, ele fez um desabafo com uma terceira pessoa, com a qual falava simultanemente no Whatsapp enquanto acompanhava a sessão: "Que filha da p***!"

O que o defensor não percebeu é que a magistrada conseguiu ler o que ele havia escrito. “Doutor, o que o senhor escreveu ali? O senhor escreveu ‘Que filha da puta’? Quem é filha da puta, doutor?”, perguntou a juíza, bastante irritada.

“Não! Não estou falando de Vossa Excelência, estou falando da situação”, tentou se explicar Bueno, claramente constrangido. “Tá gravado na tela, foi gravado”, respondeu a juíza. “O senhor digitou”, completou ela. Acompanhe a situação:

Sem admitir que havia xingado a magiestrada, o advogado pede “sinceras escusas” mais de uma vez após o episódio. Mesmo contrariada, a juíza Edinéia Poganski argumenta que “esse não é o linguajar que se espera de um advogado”, ao que Raphael Bueno concorda, tentando encerrar o assunto.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL