Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sesma confirma esgotamento de leitos para a covid-19 em Belém e fechará PSM do Guamá

Em balanço neste sábado, secretário de saúde classificou como 'absurda' e de 'colapso' situação da capital

Redação integrada de O Liberal

O secretário Maurício Bezerra, titular da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma), confirmou, em entrevista dada na manhã deste sábado (13), à TV Liberal, que a capital paraense alcançou 110% de ocupação dos leitos clínicos administrados pela prefeitura de Belém para o atendimento à covid-19. Nas UTIs municipais, o índice chegou a 94% de ocupação dos leitos. Isso fará com que o PSM do Guamá seja fechado já nesta segunda-feira (15), para que possa atender exclusivamente casos de covid-19.

"Isso representa [nas UTIS clínicas para a covid-19] que temos 10% de pacientes a mais do que o número de leitos disponíveis nos hospitais municipais", afirmou o secretário municipal de saúde. Bezerra classificou ainda situação de ocupação e de acesso da população à lotação das cinco UPAS e aos dois prontos-socorros da capital como "absurda". Segundo ele, 107 pacientes seguem aguardando leitos clínicos apenas nas UPAs de Belém.

"E aí, o que se observa nas ruas é como se nada estivesse acontecendo. O trânsito engarrafado, muitas pessoas sem máscaras e todo mundo na rua. Isso se torna muito difícil. É uma situação extremamente preocupante para quem tem a responsabilidade de gerenciar o sistema de saúde. Nós estamos entrando num colapso, e é preciso que a população tenha clareza disso", asseverou Maurício Bezerra.

Segundo o secretário municipal de saúde, agora há um grande esforço do município pela busca de mais leitos. Nesse sábado, a Prefeitura de Belém conseguiu mais vagas de atendimento junto ao hospital universitário Barros Barreto.

"E aí, o que se observa nas ruas é como se nada estivesse acontecendo. O trânsito engarrafado, muitas pessoas sem máscaras e todo mundo na rua. Isso se torna muito difícil. É uma situação extremamente preocupante para quem tem a responsabilidade de gerenciar o sistema de saúde. Nós estamos entrando num colapso, e é preciso que a população tenha clareza disso", alertou Bezerra

Oferta de leitos chegou à situação de colapso em Belém (Pedro Guerreiro / Agência Pará)

Abertura de policlínicas e atendimentos em casa


Segundo garantiu a Sesma, o plano emergencial por mais leitos, a ser tomado essa semana, será reforçado por outras medidas, como a abertura de 15 pequenas policlínicas, agregadas a UPAs, ao Hospital Distrital de Mosqueiro e a oito unidades básicas de saúde da capital. Estruturas serão montadas ainda no Ver-o-Peso e na igreja de São Raimundo, no Telégrafo.

O titular da Sesma garantiu que duas equipes da saúde municipal começarão a fazer atendimentos domiciliares a 80 pessoas internadas em casa, a partir de segunda-feira, para atendimento médico diário da prefeitura e fornecimento de oxigênio.

Sesma diz que duas equipes da saúde municipal começarão a fazer atendimentos domiciliares a 80 pessoas internadas em casa, a partir de segunda-feira, para atendimento médico diário da prefeitura e fornecimento de oxigênio

Segundo a sesma, atualmente o município soma 62 leitos clínicos e 26 de UTI dirigidos aos casos de covid-19. A partir de segunda-feira, o a Sesma prevê o fechamento do Pronto Socorro Municipal do Guamá, que passará a ser fechado ao atendimento exclusivo para a covid-19, abrindo mais 52 leitos de enermarias e 25 de UTI para a covid-19.

Além disso, a Sesma diz que conseguirá mais 19 clínicos e 9 de UTI junto à rede privada. Com o apoio fechado junto ao Hospital Barros Barreto, serão mais 30 leitos clínicos e outros 10 de UTI, a partir da semana que vem.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM