Semob promete 150 novos coletivos em Belém

A Superintendência alega que existe fiscalização diária dos ônibus

Redação Integrada

A aquisição de pelo menos 150 coletivos zero quilômetro, como condição, tem sido a grande justificativa para a homologação do novo valor da tarifa urbana dos ônibus de Belém, que subiu para R$ 3,60 na última quarta-feira (05). Segundo a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), a entrada em circulação destes veículos nos próximos meses depende dos prazos entre pedido, fabricação de chassi e carroceria e entrega.

O regulamento municipal de transporte determina que os ônibus tenham tempo de vida útil de até dez anos e em Belém, ainda segundo a Semob, a idade média atual é de 6 anos e meio. Não há obrigatoriedade de que o veículo entre no sistema totalmente novo e, antes de circular, ele passa por vistorias do Detran, para plaqueamento, e da Semob, que analisa suas condições gerais.

Leia também:

Em 24 horas, 35 ônibus "ficaram no prego" em Belém

A Semob também alega que a fiscalização é realizada de forma constante e diária, por servidores que trabalham exclusivamente neste setor e que ficam dispostos em pontos estratégicos da cidade. “Essa fiscalização muitas vezes não é percebida pela população”, frisou o órgão. Nos três primeiros meses deste ano foram lavradas mais de 500 notificações contra empresas, mas o número de veículos vistoriados é bem maior.

As punições variam, dependendo da gravidade do problema. “Se o problema comprometer a trafegabilidade, o veículo é lacrado e impedido de circular até que seja regularizado”, explicou. “Se a empresa circular com o veículo lacrado, é multada novamente e o veículo recolhido ao pátio de retenção da Semob”. Em casos extremos, algumas empresas foram cassadas, afirmou a Semob.
Nos últimos anos, oito empresas tiveram sua autorização de operar no sistema cassada e outras oito solicitaram a própria saída. A população pode denunciar à
própria Semob coletivo que não apresente condições de trafegabilidade, informando o nome da linha, número de ordem escrito na lateral do veículo, dia, hora e local do flagrante, pelo e-mail contato.semob@belem.pa.gov.br ou pelos telefones 118 e 9/8429-0855.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!