Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Santa Rita de Cássia é reverenciada pelos belenenses

No dia dedicado à santa, devotos sairão em procissão nas primeiras horas deste domingo (22)

O Liberal

No dia dedicado à Santa Rita de Cássia, padroeira das causas impossíveis, devotos e fiéis em geral comparecerão às igrejas e participarão da Procissão das Rosas nas paróquias de Belém, após dois anos do pique da pandemia da covid-19. Na Arquidiocese de Belém as homenagens ocorrem em Canudos, Cidade Nova V, no Distrito de Icoaraci, Marambaia e no Icuí. Em Canudos, como novidade se tem uma nova relíquia da santa (fragmento do corpo dela), proveniente da Itália. Também a doação de um relicário, também vindo da Itália, com ambas as peças sendo entronizados no altar da Paróquia de São José de Queluz.

Santa Rita de Cássia nasceu na Itália em 1381, na região da Úmbria, a cidade de Roccaporena, filha de pais católicos. A pedido dos pais, casou-se com o jovem Paulo Fernando e teve, então, dois filhos. O marido foi assassinado, e os filhos queriam vingá-lo. Santa Rita disse que preferiria vê-los mortos a ver isso acontecer. E os filhos morreram. Ela foi uma jovem experimentou a vida matrimonial e depois de viúva abraçou a vida religiosa no convento das Irmãs Agostinianas em Cássia, como relata frei Paulo Alessandro Moreira, pároco de São José de Queluz, em Canudos, Belém. 

"Santa Rita nos legou o sentido de viver a sua fé cristã, de uma forma intensa. A perseverança é um ponto forte na vida dela. As pessoas desistem muito fácil, são frágeis na vivência da fé, e a vida de Santa Rita nos lembra que existem valores que são eternos, válidos para se construir uma sociedade mais igualitária, para relações mais profundas, mais fortes entre as pessoas", enfatiza frei Alessandro.

Homenagens

No bairro de Canudos, será realizada a procissão da Paróquia São José de Queluz, que em abril de 2019 foi reconhecida como Patrimônio Cultural e Imaterial de Belém. Neste domingo (22), será celebrada missa às 7 horas, presidida pelo padre frei Paulo Alessandro Dias. Ao término da celebração sairá a tradicional Procissão das Rosas.

A procissão percorrerá as ruas de Canudos no percurso de 2.32Km, e passa pela avenida Cipriano Santos, avenida Teófilo Condurú, travessa Segunda de Queluz, avenida Ceará, travessa Primeira de Queluz, Cipriano Santo até a retornar a Paróquia. Ao longo do dia, a igreja poderá ser visitada e serão celebradas missas às 11h, 17h e 19 horas.

Na Paróquia Santa Rita de Cássia, na Cidade Nova V, We 32 – Ananindeua, será realizada missa às 7 horas, presidida pelo padre Romeu Ferreira, vigário paroquial. Às 19h, a missa será presidida por dom Alberto Taveira Corrêa, arcebispo metropolitano de Belém.

Na Comunidade de Santa Rita Santa Rita de Cássia, pertencente à Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças, em Icoaraci, a programação será na Igreja Matriz, às 18h com Missa Solene e Procissão das Rosas, presidida pelo Pároco, padre Agostinho Cruz.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM