Projeto social leva atendimento médico e odontológico a comunidades ribeirinhas do entorno de Belém

Ao longo de três anos, mais de duas mil pessoas já foram atendidas e acolhidas por ações promovidas pelo projeto Sorrisos dos Rios

João Paulo Jussara

Devolver o sorriso ao rosto de pessoas que têm poucas possibilidades de acesso a atendimento médico e odontológico. Esta é a missão do projeto Sorrisos dos Rios, que auxilia comunidades ribeirinhas no entorno de Belém com atendimento básico de saúde clínica e bucal.

Na manhã deste sábado (7), o grupo promove uma ação especial de natal, com doação de alimentos, brinquedos, roupas, materiais de higiene e material escolar para a comunidade do Guajará, localizada no Rio Guamá.

Criado há cerca de três anos pela então estudante Roberta Ruffeil, o projeto nasceu com o objetivo de colaborar com a melhoria da qualidade de vida da população ribeirinha. “Eu sempre quis fazer um trabalho nessas comunidades, só que a minha faculdade era muito restrita com relação a isso, então eu meti a cara e fui atrás”, conta.

Hoje cirurgiã-dentista, Roberta conta ainda com o auxílio de mais quatro dentistas, além de médicos voluntários e acadêmicos de medicina e odontologia. Ao longo destes três anos, o projeto já atendeu quase duas mil pessoas em locais de difícil acesso, até mesmo para os órgãos de saúde pública.

“Além do atendimento, a gente leva também a parte da empatia. Na ação de hoje, por exemplo, vai ter também aula de dança, animador, então não é só um projeto acadêmico, já virou um projeto de acolhimento”, destaca a profissional.

Milhares de crianças já foram atendidas pelos voluntários do projeto Sorrisos dos Rios (Divulgação)

Durante as ações do projeto, são realizadas atividades lúdicas e integrativas com as comunidades, além de procedimentos como triagem médica, consulta, exame físico, palestra educativa de higiene bucal para crianças e adultos, escovação supervisionada, entrega de kits de higiene e palestras de conscientização e prevenção (DST, vacinação e exames preventivos).

No último mês de outubro, após três anos de serviços prestados, o projeto foi agraciado com o prêmio de Melhor Pesquisa Científica no Congresso Nacional de Odontopediatria, realizado em Maceió.

Agora, o próximo objetivo dos voluntários é montar um polo de atendimento dentro de uma comunidade ribeirinha, para que os procedimentos odontológicos mais complexos sejam feitos no próprio local.

Para Roberta, a experiência de lidar com vidas e vivências completamente diferentes das suas é transformadora e enriquecedora. “Eu acredito que eu é que aprendo muito mais, até porque é uma outra realidade, que foge da nossa zona de conforto, e acho que é isso que a gente precisa”, diz.

Durante as ações, crianças e adultos recebem palestras sobre higiene bucal e escovação supervisionada (Divulgação)

O projeto Sorrisos dos Rios não conta com patrocínio fixo, tudo é feito através de doações, tanto por parte dos voluntários, quanto da sociedade. Para doar, basta entrar em contato pelos perfis do grupo no Instagram e Facebook, pelo email sorrisodoriopa@gmail.com ou pelo telefone (91) 98334-5171.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM