Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vítimas de incêndio na Cremação devem receber auxílio para reconstruir moradias

O incêndio aconteceu no último dia 13, causado por um homem com ciúmes da companheira. Oito famílias devem receber o benefício

Eduardo Rocha

As oito famílias que perderam suas casas em um incêndio no bairro da Cremação, no dia 13 de fevereiro, serão auxiliadas pela Prefeitura de Belém com o repasse de R$ 3 mil para reconstruir as moradias. O incêndio aconteceu na Vila Goiabeira, no bairro da Cremação. As famílias perderam tudo, em calamidade provocada por um homem, com ciúmes da companheira, acabou provocando o começo das chamas nas residências.

Márcia Diniz, 43 anos, doméstica, desempregada há sete anos, contou como aconteceu a tragédia: “Foi tudo muito rápido. Ouvi a discussão entre o casal e minutos depois, o fogo começou a destruir tudo. Meu filho só teve tempo de correr carregando nosso botijão de gás para não haver uma explosão e pegar nossos documentos. Arrastei minhas filhas que já estavam dormindo e escapamos da morte”.

Márcia e suas filhas entraram em prantos porque acharam que a cadela da família, a pequena Pretinha, de 7 meses, não havia conseguido escapar da tragédia. Mas, para surpresa de todos, Pretinha foi encontrada no único lugar onde poderia se esconder das chamas: embaixo de uma mesa de mármore. “Quando ela me viu fez a maior festa, pulando e me lambendo toda. Foi um milagre ela ter sobrevivido”, comemora Márcia.

Sem família em Belém, apenas irmãs no Rio de Janeiro e Maranhão, Márcia está com seus três filhos, nora e neto em uma casa cedida por uma vizinha, às proximidades da vila onde aconteceu o incêndio. Na casa emprestada como abrigo, estão mais duas famílias vitimadas pela tragédia. É lá que funciona o ponto de apoio e recolhimento de doações por parte da população. A campanha de doação foi iniciada pela Defesa Civil de Belém, por meio das redes sociais.

Como informa a Prefeitura de Belém, foram dez famílias atingidas pelo incêndio. No entanto, oito delas tiveram perda total do imóvel. Duas foram com perdas parciais, mas ambas as casas não tiveram as estruturas abaladas e as famílias continuam no local.

O prefeito, Edmilson Rodrigues, compareceu ao local do incêndio junto com agentes da Funpapa e Defesa Civil (Comus)

Técnicos da Defesa Civil de Belém estiveram no local logo após a tragédia. Eles conversaram com as famílias, garantindo providências para que os moradores possam refazer suas vidas. Em sequência ao trabalho da gestão municipal, na terça-feira (16), o prefeito Edmilson Rodrigues também compareceu ao local do sinistro, acompanhado dos dirigentes da Defesa Civil de Belém e a Fundação Papa João XXIII (Funpapa).

Auxílio Aluguel

Por meio da Funpapa, cada uma das oito famílias que tiveram perda total do imóvel irá receber R$ 3 mil, referentes a seis meses de Auxílio Aluguel. “Graças a essa ajuda, nós vamos poder respirar. Foi tudo muito rápido e só tenho a agradecer ao prefeito. Já estou até procurando uma casinha por aqui por perto para recomeçar e ficar perto dos meus vizinhos que nos ajudaram”, afirma Darcirene Monteiro, outra vítima do sinistro, mãe de 3 filhos. Por enquanto, ela tem que se abrigar na casa da sogra, às proximidades.

"Essa situação foi bem atípica. Não foi algo que aconteceu por falta de manutenção ou irresponsabilidade de alguém. Foi algo provocado, que teve dolo, o que fragilizou ainda mais essas famílias. Assim, esse atendimento de forma imediata trouxe o acolhimento. É a constatação de que o poder público esteve presente e que essas famílias vão poder refazer suas vidas”, pontua a coordenadora da Defesa Civil de Belém, Christiane Ferreira.

Da janeiro até 15 de fevereiro, o órgão marcou presença no atendimento a 28 incêndios em Belém, sendo 14 com perda total, e 14 com perda parcial. A rede de acolhimento após o incêndio na Cremação trouxe a integração entre a Prefeitura e órgãos do Governo do Estado, como a Companhia de Habitação do Pará ( Cohab), e a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda ( Seaster).

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM