Paraenses registram passagem do cometa Neowise na noite de sábado, 25

O fenômeno que só voltará a ocorrer em 6 mil anos, pôde ser visto a olho nu no céu do Pará

Redação Integrada

A tão aguardada aparição do cometa Neowise no céu paraense finalmente ocorreu. No início da noite de sábado (25), integrantes do Núcleo de Astronomia da UFPA (Nastro), conseguiram registrar a passagem do cometa, em imagens feitas no município de Ananindeua, Região metropolitana de Belém. As fotos foram feitas pelo estudnate de doutorado em Neurociência da UFPA, Igor Patrick Ramos Negrão.

A expectativa para que o Neowise pudesse ser visto a olho nu no céu paraense começou na quinta-feira (23), quando o astro começaria a ser avistado no Brasil. O cometa só deve voltar a ser visível na Terra novamente em 6 mil anos.

Cometa Neowise visto no Pará (Igor Patrik Negrão/Nastro)

Por conta da pandemia de coronavírus, o Nastro/UFPA também precisou adaptar a estratégia para registrar a passagem do fenômeno sem que houvesse aglomerações. Desta forma, o grupo optou por não organizar eventos de observação coletiva; em vez disso, foi criada uma rede de colaboração para manter as observações e registrar o cometa, em diferentes pontos da Região Metropolitana de Belém.

Ao longo de algumas noites, integrantes do grupo estiveram espalhados em locais estratégicos para a observação do cometa, como a Estação das Docas, o Portal da Amazônia, e outros pontos próximos de regiões residenciais. Na noite de sábado (25), o estudante de doutorado em Neurociência da UFPA, Igor Patrik Ramos Negrão, conseguiu registros do cometa Neowise, por meio de fotografias realizadas em Ananindeua.

Legenda (Igor Patrik Negrão/Nastro)

Olho no céu neste domingo

O professor Luís Crispino, físico e coordenador do Nastro/UFPA; explica que ainda há a possibilidade de o astro ser avistado no céu paraense neste domingo (26); no entanto, a cada dia as condições ficam menores, já que o brilho do cometa diminui devido seu afastamento do sol.

"Ele está a cada dia se afastando do sol, e a cada dia o brilho fica menor por isso. Em compensação fica mais alto no horizonte na hora do pôr do sol", explica o professor, reiterando que o melhor horário para avistar o cometa é logo após o pôr do sol, no início da noite, sendo impossível avistar o Neowise pela manhã.

Crispino também explica o motivo pelo qual os países do hemisfério norte conseguiram avistar o cometa de forma mais nítida. "No início de julho, no hemisfério Norte, ele estava bem brilhante, pois estava mais perto do sol. Ao longo da órbita dele, que leva seis mil anos, ele se aproxima do sol, e depois começa a se afastar, até chegar por aqui de novo, caso chegue", diz o professor; destacando que também há a possibilidade de o cometa nunca mais ser visto na Terra. "Quando um cometa passa próximo de um planeta, às vezes ele tem uma perturbação por conta da gravidade, e nunca mais volta".

Para ver e fotografar

Crispino diz que as condições ideais para conseguir avistar o cometa é que o céu esteja limpo. Mas os interessados também devem procurar por lugares descampados, longe da cidade; ou regiões sem prédios, onde a iluminação artificial tenha menor influência.

Devido ao fato de que o Neowise perder brilho a cada dia em que se afasta do sol, também há condições específicas para conseguir uma boa foto do astro no céu, como explica Crispino. Para os que contam com equipamentos fotográficos profissionais, o ideal é fazer capturas de longa exposição, com diafragma bem aberto para uma boa captura da luz emitida pelo astro.

Também é possível fotografar o cometa com a câmera do celular, mas esta demanda maior atenção. Crispino explica que o ideal é explorar a opção de maior tempo na obturação, nos celulares que contam com a função; também é interessante deixar o aparelho em uma posição fixa, como em um tripé, usando o temporizador, para evitar tremedeiras no momento da captura da fotografia.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM