Pais e alunos fazem manifestação em frente à Escola Bosque, em Outeiro

Manifestantes exigem que Ensino Médio seja mantido na instituição

Redação Integrada

Pais e mães de alunos fizeram um protesto em frente à Escola Bosque “Professor Eidorfe Moreira”, em Outeiro, na manhã desta sexta-feira (6). "Estamos defendendo o não ao término do ensino médio", disse Antônio Batalha, que tem um filho estudando nesse estabelecimento de ensino. 

Mônica Moraes é mãe de três alunos que estudam na Escola Bosque. "Eu faço parte de um grupo de mães que está, desde o final do ano passado, em luta contra o fechamento do ensino médio técnico em meio ambiente dessa escola", afirmou.

Há guardas municipais em frente à Escola Bosque. Mas a manifestação é pacífica. Com faixas em defesa do prefeito Zenaldo Coutinho, um outro grupo de pessoas veio para a frente da Escola Bosque. Esse outro grupo quis destacar as ações da prefeitura na área educacional de Outeiro.

Na quinta-feira, 5, o juiz Raimundo Rodrigues Santana, juiz de Direito da 5ª Vara da Fazenda Pública e Tutelas Coletivas, determinou que a Fundação Escola Bosque continue ofertando vagas destinadas ao ensino médio integral nos próximos anos letivos, para atender à demanda dos interessados em cursar o ensino médio integrado ao curso técnico em meio ambiente da Funbosque. Trata-se de uma ação civil pública, com pedido de tutela de urgência, ajuizada pelo Ministério Público do Estado.

Acompanhe para mais informações. 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM