Moradores temem a retirada dos portões do conjunto Benjamim Sodré

Apesar da segurança aos moradores, os portões, segundo a prefeitura, ferem o Código de Posturas do Município.

Victor Furtado

O conjunto residencial Benjamim Sodré, na avenida Augusto Montenegro, pode perder os portões que foram instalados no final do ano passado. A medida, segundo moradores, é da Prefeitura de Belém. Os portões seriam proibidos pelo Código de Posturas do Município. Só que quem mora no conjunto, diz ser uma medida de segurança e sobrevivência. A criminalidade tem assombrado as pessoas, de forma crescente, nos últimos três anos, pelo menos.

A contadora Gina Rodrigues, moradora do conjunto há 12 anos, diz ter sido vítima de quatro assaltos na área. Um mais traumático e materialmente prejudicial que o outro. Vizinhos têm histórias de assaltos, agressões e até sequestro relâmpago e cárcere privado. Em outubro passado, num acordo entre os moradores, foi criada uma associação e os portões foram instalados em sete passagens, paralelas à via principal. Cada portão tem um porteiro.

Gina recorda que o conjunto já foi um residencial fechado. Ela diz que os portões principais foram removidos na gestão do ex-prefeito Edmilson Rodrigues. Progressivamente, a criminalidade na área começou a aumentar. Os portões, ressalta, não atrapalham o direito de ir e vir da população. Só controlam o fluxo de pessoas.

São sete portões ao todo, em vias transversais à via principal. Cada um tem um porteiro para controlar o fluxo de pessoas. (Victor Furtado / Redação Integrada de O Liberal)

"São meses de tranquilidade que temos vivido com os portões. Agora até podemos sentar na porta de casa sem medo. Tivemos a informação de que a prefeitura iria remover os portões nesta terça-feira. Mas como souberam que iríamos protestar e chamar a imprensa, adiaram, mas agora não sabemos para quando. Investimos dinheiro e temos o direito de sermos avisados sim. Só que se vierem, vamos protestar mesmo e fechar a Augusto Montenegro", adianta a contadora e membro da associação de moradores do conjunto Benjamim Sodré.

A Redação Integrada de O Liberal aguarda resposta da Prefeitura de Belém sobre o caso. A PM também foi acionada para comentar sobre o policiamento preventivo da área e possíveis estratégias de segurança, caso os portões realmente sejam removidos.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!