Marca de produtos confeccionados por venezuelanos é lançada em Belém

Slings, chapéus, pulseiras e redes estão entre as opções disponíveis para venda

Tainá Cavalcante

Foi lançada na última segunda-feira, 08, por meio de uma parceria entre uma agência de comunicação de Belém e o grupo de voluntários "Venezuelanos Belém", a marca Warao. Com produtos 100% confeccionados por indígenas venezuelanos da etnia Warao que estão refugiados na capital paraense, a marca visa ajudá-los a ter uma renda e, assim, sair das ruas.

Marca Warao foi criada pelo grupo Venezuelanos Belém em parceria com uma agência de comunicação (Reprodução)

O leque de produtos, até agora, inclui chapéu, pulseira, rede, fruteira e slings. A maioria, com exceção dos slings (pano projetado para suportar um bebê ao corpo de um cuidador), tem como matéria-prima o fio de buriti - material trazido por eles da Venezuela e que, em Belém, é possível comprar no Ver-o-Peso.

Os slings sustentam os bebês ao corpo do cuidador. (Reprodução)

Até o momento, os venezuelanos que estão confeccionando os slings são os moradores do abrigo da travessa Apinagés, mantido pela sociedade civil. Os outros produtos estão sendo produzidos pelos refugiados que estão morando em via pública, na avenida Romulo Maiorana, próximo a um supermercado.

Apesar de a marca só ter sido lançada ontem (8), a venda dos produtos já está ocorrendo há uma semana, como explica a voluntária Sofia Paz. "Eles já faziam os produtos para uso pessoal e começamos a mandar nos grupos para vender para outas pessoas. Fez muito sucesso, a venda começou a crescer, recebemos muitos pedidos e aí decidimos criar a marca em parceria com a agência de comunicação para lançar como um produto artesanal" diz. Sofia garante que, no intervalo de uma semana, "todas as mulheres do abrigo da Apinagés já estão independentes e só produzindo os produtos, sem precisar pedir dinheiro nas ruas".

A encomenda dos produtos (veja abaixo fotos e valores de cada um) pode ser feita pelo telefone (91) 98119-5797 (Juliana) ou pelo Instagram @venezuelanosbelem.

PRODUTOS:

CHAPÉU


Um dos modelos de chapéu da marca Warao. Valor: R$ 30 (Reprodução)

PULSEIRA 

Pulseiras da marca Warao. Valor: R$ 5 a R$ 20 (Reprodução)

REDE 

Redes também são produzidas pela marca. Valor: R$ 200 a 250 (Reprodução)

FRUTEIRA

Fruteiras estão entre os produtos da marca. Valor: R$ 25 a R$30 (Reprodução)

SLINGS 

Os slings estão entre os mais pedidos. Valor: R$ 50 a R$ 75 (Reprodução)
Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!