João Paulo II será interditada de segunda a sexta da próxima semana

Interdição será para a realização do içamento de outras duas passarelas na avenida

Cleide Magalhães

O trânsito será interditado na avenida João Paulo II, de segunda (8) a sexta-feira (12) da próxima semana. Ela ocorre para que o Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) realize o içamento de outras duas passarelas na avenida. Com isso, o governo do Pará afirma que conclui a obra no prolongamento da avenida.

Uma das interdições ocorre no sentido Ananindeua - Belém, no início da noite da próxima segunda (8) e se estende até 5h de terça-feira (9). Já na noite de terça, ocorre o mesmo trabalho, mas no sentido contrário da avenida e se estende até a manhã de quarta (10). Essa será a passarela de número 2, localizada próximo à rua Euclides da Cunha.

A segunda travessia, de número 3, próxima à rua Moça Bonita, também começa a ser instalada na quarta, a partir das 21h. A primeira etapa começa no sentido Ananindeua - Belém, até 5h da quinta (11) e, o sentido contrário, Belém-Ananindeua, o trabalho ocorre às 21h do dia 11 até às 5h de sexta-feira (12).

Segundo o Núcleo, as interdições serão feitas por sentido, ou seja, quando houver a instalação no sentido Ananindeua-Belém, o fluxo de veículos será interrompido desde o viaduto do Coqueiro. De Belém-Ananindeua, a interdição ocorrerá desde a rua Mariano.

Também haverá sinalização com placas indicativas de desvio de tráfego e cones, além da presença dos agentes do Departamento de Trânsito (Detran), assim como o apoio da Polícia Militar.

As estruturas são de aço, com cerca de 40 metros de comprimento, rampas de acessibilidade, piso tátil e iluminação adequada para a travessia de pedestres. A previsão é que todas as sete passarelas sejam entregues à população até o mês de agosto.

Após a conclusão desta etapa, estão previstas para o mês seguinte, a colocação das rampas de acesso e as proteções laterais das travessias, para garantir a segurança da população.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!