Escolas de Samba iniciam ensaios técnicos na Aldeia Amazônica

Carnaval Oficial de Belém 2020 acontecerá nos próximos dias 14, 15 e 16

João Paulo Jussara

Os ensaios técnicos das escolas de samba de Belém do Grupo 1 começaram na noite desta terça-feira (11), na Aldeia Amazônica, bairro da Pedreira, onde será realizado o Carnaval Oficial de Belém 2020 nos próximos dias 14, 15 e 16. A primeira agremiação a ensaiar foi a Mocidade Unida do Bengui, seguida da Embaixada de Samba do Império Pedreirense e Deixa Falar. Nesta quarta-feira (12), ensaiam as escolas de samba Piratas da Batucada, Rancho Não Posso Me Amofiná e Império de Samba Quem São Eles, e na quinta-feira (13), ensaiam Bole-Bole, Xodó da Nega e Matinha, sempre a partir das 19h. O evento é uma organização da Prefeitura de Belém, por meio da Fundação Cultural do Município (Fumbel).

O diretor do Departamento de Cultura (Deac) da Fumbel, Celso Michiles, ressaltou que o ensaio técnico é um momento extremamente importante para as agremiações. "Aqui todas as escolas organizam o tempo de passagem e identificam o tempo que cada quesito vai ficar em frente aos jurados para serem avaliados. Para a Prefeitura de Belém, de um modo geral, é o momento de avaliar se a estrutura que montamos precisa de alguma adequação. Testamos som, iluminação e toda infraestrutura organizada para o espetáculo, para que não tenhamos problema nos dias dos desfiles”, explicou Celso.

A segunda escola a ensaiar hoje foi a Embaixada de Samba do Império Pedreirense, que traz este ano o açaí como o tema de seu enredo. O diretor de carnaval da agremiação, André Vilhena, contou que o enredo começa falando sobre a origem do açaí, em Belém, passando pela capital mundial do açaí, Igarapé-Miri, e discorrendo sobre como o fruto conquistou o mundo, chegando até os Estados Unidos e o Japão. "A embaixada, esse ano, se reinventou. Foi um enredo que trouxe muita alegria para a escola, a comunidade abraçou, e as expectativas são as melhores", disse. "Com certeza nós vamos brigar pelo título desse carnaval".

Trânsito

Para organizar o trânsito na área nos dias de ensaio, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) preparou uma logística que ajudará a motoristas e usuários de transporte público. A avenida Pedro Miranda será interditada nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro, a partir das 19 horas, desde a travessa Alferes Costa até a travessa Lomas Valentinas, sentido bairro-centro. O outro lado da pista permanecerá liberado para circulação de veículos.

Durante os bloqueios, veículos que seguirem no sentido centro-bairro poderão desviar para a travessa Angustura e seguir pela rua Antônio Everdosa. Quem circular na avenida Doutor Freitas para acessar a avenida Pedro Miranda pode seguir na via até a Marquês de Herval, a destino. O cruzamento da Lomas Valentinas com Pedro Miranda estará totalmente interditado, pois será utilizado para a dispersão dos carros alegóricos.

Segurança

A segurança do local será feita por agentes da GMB, que atuarão durante os três dias de ensaios, a partir das 19 horas, com um efetivo de 20 guardas em duas viaturas, fazendo rondas.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM