Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Motorista perde controle e carreta-cegonha bate em carro e árvore na rodovia Mário Covas

Os envolvidos sofreram apenas ferimentos leves superficiais, mas o trânsito teve impactos mais significativos, devido à interdição parcial da rodovia

Victor Furtado

Uma carreta-cegonha carregada e um carro de passeio se envolveram em um acidente, na manhã deste domingo (9), Dia das Mães, na rodovia Mário Covas. O motorista do caminhão e o casal que estava no carro menor tiveram apenas ferimentos leves e superficiais. Os danos materiais foram mais graves, mas por serem materiais, são eventualmente reversíveis. Só que o tempo que muitas pessoas perderam no trânsito, que ficou congestionado em todos os outros corredores que se conectam à rodovia, não tem volta. Metade da Mário Covas ficou interditada por várias horas.

Pelos registros da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito de Ananindeua (Semutran), o acidente ocorreu por volta de 6h, no sentido Transcoqueiro - Independência, passando o Sesi Ananindeua. O agente de trânsito Pimenta conversou com o motorista da carreta, o dono do veículo e o casal do carro de passeio. Todos chegaram a um acordo sobre como arcar com os prejuízos causados. E um possível motivo para o acidente foi informado.

"O motorista do caminhão disse que um carro menor cortou a frente dele. No susto, ia caindo num buraco, tentou desviar e então fez uma manobra em 'L' e bateu na árvore. O casal do carro atingido disse que não havia outros veículos na via no momento. O carro menor estava na faixa esquerda e a carreta na direita. A manobra súbita fez a carreta subir o canteiro, atravessar a pista, bater no carro e terminar batendo na árvore. Menos mal que um acidente como esse ocorreu num domingo, com pouco trânsito. Uma cegonha como essa, carregada, num dia de trânsito intenso, poderia ter causado um mal muito maior. Não vinham veículos no sentido contrário", analisou e comentou o agente Pimenta.

Ainda não há previsão de liberação do trânsito (Cláudio Pinheiro)

Na carroceria da cegonha havia vários veículos que foram danificados. O Corpo de Bombeiros Militar foi ao local para ajudar na operação de normalização do perímetro. A árvore com a qual a carreta se chocou precisou ser removida. O vegetal estava um pouco apodrecido e ficou fragilizado, com risco de cair para dentro de um residencial que fica em frente.

A proprietária da carreta viabilizou guincho e outros veículos para fazer a remoção da carreta da pista e finalmente liberar o trânsito novamente. Ela, como afirmou na presença do agente Pimenta, iria arcar com todos os prejuízos causados. Enquanto essa operação durou, agentes da Semutran fizeram uma das faixas da Mário Covas ter dois sentidos, o que apesar de gerar congestionamento, permitiu o fluxo de veículos na área.

O trecho tinha uma tampa de bueiro que está um pouco afundada. Porém, o agente de trânsito Pimenta avalia que, para uma carreta, essa falha no pavimento é irrelevante e não seria causa de espanto para levar a um acidente como o que ocorreu na Mario Covas, na manhã deste Domingo das Mães.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM