Campanha disponibiliza 600 testes rápidos para ISTs em Ananindeua

O atendimento é feito nesta sexta-feira (31)

Redação Integrada

A última ação alusiva ao Julho Amarelo, mês de combate às hepatites virais, oferece testagens para HIV, sífilis e hepatites B e C para a população nesta sexta-feira, 31, no Terminal Rodoviário de Ananindeua, de 8h às 12h. Os profissionais envolvidas na ação, promovida pela Prefeitura de Ananindeua, por meio da Secretaria Municipal de Saúde,  também irão aferir a pressão arterial, temperatura, saturação de oxigênio e vacinar contra hepatite B, sarampo entre outras doenças.

Além de teste e vacinação, serão oferecidas orientações de profissionais da saúde e assistentes sociais da Sesau sobre as hepatites e também sobre Covid-19,  tabagismo, hanseníase e tuberculose. Haverá também a distribuição de kits de preservativos e informativos sobre infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Paulo Campos, o objetivo da ação é oferecer serviços para todos e facilitar o acesso à saúde para a população. "Vamos agregar tudo isso na ação do Julho Amarelo, questão do Covid-19 e outros. Fazer com que a população tenha acesso aos serviços mais rápido. A parte das testagens, verificar e descartar logo se tem alguma suspeita de Covid-19. Agregamos todo mundo para fazer o check-list. Diversificamos isto e estamos indo em todos os bairros, levando para as populações ribeirinhas e quilombolas. Expandimos e continuaremos cada vez mais para facilitar o acesso da população", afirma.

Ao todo, foram realizadas 12 ações voltadas para o combate das hepatites virais apenas em julho. A Sesau promoveu a testagem de quase 1.500 cidadãos. Só amanhã serão disponibilizados 600 testes rápidos e quase 30 profissionais participarão da ação.

De acordo com o coordenador da IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais, Daniel Lopes, com as ações realizadas pela prefeitura, foram detectados vários casos e os tratamentos foram iniciados imediatamente. "Há muitos casos destas doenças no município. Devemos justamente iniciar o tratamento e direcionamento o mais precoce possível, pois há doenças com cura. Devemos detectar o mais rápido possível", diz.

 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM