Aprovados em concurso fazem manifestação em frente ao Barros Barreto

Grupo alega que até hoje não foi chamado. Certame ocorreu em 2016.

Redação Integrada

Candidatos aprovados em concurso público da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares fizeram uma manifestação em frente ao Hospital Universitário Barros Barreto, em Belém, na manhã desta sexta-feira (6).

"Passei no concurso público da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, uma empresa pública federal, de direito privado, vinculada ao Ministério da Educação. Eu sou da área administrativa do concurso. E passei. E estamos reivindicando o direito de sermos chamados", disse Alexandre Brito, 30 anos, estudante de Pedagogia. Ele informou que o concurso foi feito em 2016 e homologado em 2017.

"Passaram-se dois anos e, por meio da Justiça Federal, conseguimos a prorrogação. E, até o momento, não houve mais nomeação, mais convocação. Eles não chamaram nem sequer o número de vagas que foram ofertadas", contou.

Ainda segundo Alexandre, foram ofertadas 815 vagas. E a empresa chamou 705 aprovados. "Há vagas ociosas aí dentro, fora os terceirizados. Essa empresa foi criada em 2011 com o intuito de tirar a mão de obra terceirizada dos hospitais universitários federais, para fazer concurso público para chamar mão de obra qualificada concursada. E o único HU (hospital universitário) do Brasil onde esta acontecendo essa morosidade nessas convocações é aqui. Os demais chamam para além do número de vagas. E aproveitam, e muito o cadastro, de reserva", completou.

 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!