Ação de conscientização na UFPA chama atenção para o abandono de animais

Vale lembrar que o abandono de animais é considerado crime e está previsto em Lei

Pablo Costa

Em alusão à Campanha Dezembro Verde, que trata da conscientização sobre o abandono de animais, neste domingo (8), será realizada, em parceria com algumas empresas, uma ação solidária de Natal no abrigo Projeto Peludinhos da Universidade Federal do Pará (UFPA). Durante todo o dia estarão uma equipe de tosador, banhista e veterinários para realizar consultas e vermifugação gratuitamente.

A ação ainda conta com doações de seguidores e empresas que, durante toda a semana, estão levando rações, medicamentos e material de limpeza para o abrigo. “Vimos em reportagem recente que algumas pessoas estão atropelando os animais do campus da UFPA propositalmente. Que esta ação traga conforto e amor aos animais que vivem ali e aos responsáveis pelo abrigo que, mesmo sem condições e ajuda do poder público, lutam diariamente por esses peludinhos”, ressaltou Ticiana Barbosa, uma das organizadoras da ação. 

Abandono de animais é crime

No Brasil, existe uma população canina de 55,2 milhões e uma felina de 22 milhões, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, nem todos esses animais possuem um lar definitivo, por isso são chamados de animais em situação de rua.

Vale lembrar que o abandono é uma forma de maus-tratos, considerado crime, e está previsto no artigo 32 da lei 9.605/98. A pena é de três meses a um ano de detenção e multa. Se houver morte do animal a pena pode ser aumentada em um sexto a um terço.

Além da Lei 9.605/98, outras normas protegem os animais. Na legislação brasileira, outras práticas são consideradas maus tratos e podem ser cabíveis de pena, como praticar abuso ou crueldade em qualquer animal.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM