Como emagrecer com saúde? Veja cinco erros que devem ser evitados para perder peso

Dormir mal e cortar carboidratos são erros que estão na lista

Gabriel Mansur

Muitas pessoas desejam emagrecer, seja por uma questão de estética ou de saúde. Entretanto, realizar dietas sem o acompanhamento de um profissional pode ser prejudicial, levando em conta que cada pessoa tem um metabolismo particular.

VEJA MAIS

image Prometeu entrar na dieta no Ano Novo? Veja dicas para melhorar os hábitos o ano inteiro
Quando começa um ano novo, surgem as promessas de mudança e, quase sempre, estas incluem frequentar uma academia e perder peso, porém muitas pessoas acabam não conseguindo nem chegar no mês de fevereiro com as promessas de mudança

image Alimentação vegana: 3 dicas de receitas
Dieta sem carne é rica em nutrientes para o organismo

image IMC é confiável? Entenda o cálculo que mede o Índice de Massa Corporal e como melhorar sua saúde
Esse cálculo universal é usado pela OMS para classificar padrões de saúde relacionados ao peso, como a desnutrição e a obesidade

Enquanto alguns conseguem perder os quilos facilmente, algumas pessoas enfrentam maiores dificuldades na perda do peso, o que pode acabar gerando frustrações e desestimulando o processo. 

Apesar disso, alguns pontos destacados por nutricionistas podem ser levados em consideração na hora de perder peso. Confira algumas dicas destacadas pelo portal Metrópoles que podem te ajudar a perder gordura e ganhar massa magra

Cinco erros que você pode estar cometendo na hora de perder peso

  1. Dieta monótona e sem opções: se alimentar direito deve vir acompanhado de uma variedade na alimentação. O metabolismo pode se adaptar a uma determinada dieta, estagnado o peso, processo conhecido como efeito platô; 
  2. Falta de praticidade: Com a falta de tempo para o preparo de comidas, algumas pessoas acabam desistindo de dietas. Entretanto, algumas opções saudáveis com alta praticidade podem ajudar nessas horas, evitando longos períodos sem comer. Entre as opções, é possível experimentar frutas, castanhas, barras de proteína, iogurtes, entre outras;
  3. Má-qualidade de sono: Uma boa dieta também deve vir acompanhada de uma boa noite de sono. Noites mal dormidas podem levar a um aumento na fome ao acordar, pois é neste momento que os ajustes na saciedade são realizados;
  4. Corte de carboidratos: A exclusão de carboidratos da alimentação já foi uma das maiores práticas utilizadas por quem quer emagrecer. Entretanto, a medida por causar efeito rebote. Frutas, vegetais e cereais integrais devem fazer parte de uma dieta, tendo em vista que são ricos em fibras, melhorando o funcionamento intestinal. Além disso, promovem a saciedade e ajudam no controle do colesterol;
  5. Dietas muito restritivas: Controlar a alimentação não significa se restringir a alguns alimentos prazerosos, como doces. Itens que estão fora da dieta podem ser aproveitados eventualmente, evitando o estresse e possíveis quadros de compulsão alimentar. 

(Estagiário Gabriel Mansur, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Palavras-chave

Saúde
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!