Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Menina para no hospital com infecção após beijo; entenda o caso

O relato foi feito por uma mãe, via Facebook, com intuito de alertar os pais e responsáveis de que o gesto de carinho pode dar espaço para uma infecção. Para o diagnóstico preciso, uma mostra coletada teve que passar por análise

Rayanne Bulhões

Uma menina foi parar no hospital após a mãe dar um beijo no rosto da criança. O caso aconteceu ainda em abril, mas foi relatado pelo blog americano The Crone’s Cottage, no final de junho. A postagem via Facebook teve como intuito alertar os pais e responsáveis de que o gesto de carinho pode dar espaço para uma infecção por herpes.  

Na época, a menina – chamada Aubree  - apresentava uma espinha no rosto que cresceu e, em seguida, sumiu. “Ao longo dos dias, a ferida ficou maior e começou a infeccionar. Ela começou a ter febre e agir como se estivesse doente. Parou de comer e nem se levantava do sofá”, explicou. A criança chegou a ir duas vezes ao hospital para aliviar os sintomas. A mãe contou, ainda, que estava tendo quadro aftas na semana que surgiu a infecção da filha.

VEJA MAIS

Nova vacina contra ‘cobreiro’ começa a ser vendida em farmácias e preço assusta; veja
A herpes zóster causa vesículas que podem ser dolorosas


Dia do Beijo: herpes pega? Veja como evitar a transmissão da doença
O vírus é bastante popular no mundo e qualquer pessoa, de todas as idades, está sujeito ao contágio; saiba mais

A menina chegou a ser diagnosticada com impetigo, (infecção cutânea, altamente contagiosa, ocasionada por bactérias), mas não reagia as pomadas. A mancha dobrou de tamanho, as febres voltaram e Aubree passou mal novamente. “Desta vez, nós a levamos para um hospital infantil, onde foi imediatamente internada devido à infecção. Ela começou a tomar antibióticos fortes e anticorpos para combater a doença”, conta a mãe no post.

Segundo a responsável pelo blog The Crone’s Cottage, Aubree ficou quatro dias na unidade pediátrica. Os médicos, após análise do material coletado, revelaram que a criança tinha adquirido o vírus herpes simplex (também conhecido como herpes labial).

Herpes labial: o que é, sintomas, causas e tratamento
Infecção é contagiosa e causa o aparecimento de feridas nos lábios

“Como eu tinha uma afta que não estava totalmente curada e estava brincando de beijar minha filha, passei o vírus para ela através de uma pequena espinha no rosto dela. Isso é algo que você ouve falar, mas nunca pensa que realmente aconteceria com você”, afirma a americana.

A criança já estava em casa, mas sendo medicada com antibióticos na época da publicação do relato. “Não beije bebês quando estiver com afta. Não beije neles quando sentir que tem uma vindo. Não os beije mesmo que a ferida esteja ‘curada’. Se a ferida for visível, ela pode ser passada para outra pessoa”, alerta a mãe no Facebook.

BBB 22: Drauzio Varella se preocupa com a herpes labial de Eli: 'Não pode beijar com herpes'
A ‘pegação’ aconteceu durante a festa da líder, Jade Picon; veja como prevenir a doença

Saúde
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!