Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Nova vacina contra ‘cobreiro’ começa a ser vendida em farmácias e preço assusta; veja

A herpes zóster causa vesículas que podem ser dolorosas

Fernando Assunção

O “cobreiro”, como é conhecida popularmente a herpes zóster, causa vesículas que podem ser muito dolorosas. Mas uma nova vacina começou a ser aplicada no Brasil neste mês de junho para combater a doença. As informações são do Poder 360.

Sem estar disponível no Sistema Único de Saúde (SUS), a Shingrix, da farmacêutica GSK, tem um dos preços mais caros do mercado. Com esquema de duas doses, o preço por injeção é R$ 843 (R$ 1.686 ao todo), sendo que o valor pode variar de acordo com os impostos de cada região ou clínica.

“Infelizmente, por uma questão de dólar, a vacina veio com um preço muito acima do que a gente imaginava”, diz o presidente da Associação Brasileira de Clínicas de Vacinas (ABCvac), Geraldo Barbosa. “É a vacina mais cara que existe”, dispara a médica e diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim) Mônica Levi. 

A outra vacina contra o “cobreiro”, a Zostavax é bem mais barada: em torno de R$ 550. Mas a concorrente cara é a primeira que pode ser usada em pessoas imunocomprometidas, público-alvo da doença, já que a herpes aparece com a queda da imunidade do paciente. 

Além disso, a eficácia da Shingrix é acima de 90%, enquanto que a da Zostavax tem 70% de efetividade. “A eficácia da Shingrix é tão alta que quase ninguém que toma a vacina desenvolve o herpes zóster”, diz o infectologista e porta-voz médico da GSK Jessé Alves.

 
Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL