Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vaga no STF: Sabatina de André Mendonça será realizada até o dia 2 de dezembro pelo Senado

Comissão vai pautar dez sabatinas de autoridades durante a semana, sendo que o nome mais relevante na lista é o de Mendonça, parado na CCJ há quatro meses

O Liberal

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou nesta quarta-feira (24) que vai pautar as dez sabatinas de autoridades durante um esforço concentrado marcado pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para o período entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro. O nome mais relevante na lista de espera é o de André Mendonça, ex-ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), indicado para a vaga de Marco Aurélio Mello no STF (Supremo Tribunal Federal). As informações são do Portal R7. 

A indicação de Mendonça está parada na CCJ há quatro meses, gerando críticas de Bolsonaro e de senadores governistas, que cobram uma definição por parte do presidente da Comissão.

 Apesar de confirmar as sabatinas para a semana do esforço concentrado, Alcolumbre não confirmou a data final da realização. “Quero me organizar e anunciar que vamos fazer a sabatina de todas as autoridades que estão aqui”, anunciou.

Oito senadores já pediram para relatar a indicação de Mendonça à vaga no STF, mas a decisão deve sair após uma reunião com esses parlamentares.

A indicação de Mendonça à vaga no STF foi oficialmente encaminhada ao Senado em 13 de julho, apenas alguns dias antes do recesso parlamentar. Desde agosto, quando o Senado retomou as atividades, Mendonça aguarda uma data para a sabatina. A CCJ deve fazer a sabatina antes da votação em plenário e aprovar, ou não, o indicado em votação secreta por maioria simples dos presentes. A última vez que o Senado rejeitou nomes indicados ao Supremo foi há mais de 100 anos, entre 1891 e 1894.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA