Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Senado aprova projeto de IPVA zero para motos de até 170 cilindradas

O objetivo do projeto é contribuir para baratear as motocicletas de baixa cilindrada para população de baixa renda

Luciana Carvalho

Na última quarta-feira (06), o Senado aprovou o projeto de resolução que permite reduzir a zero a alíquota do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para motocicletas de até 170 cilindradas. Segundo a Agência Senado, agora o texto segue para promulgação. As informações são do portal Uol.

De acordo com o PRS 3/2019, a alíquota "zerada" não é impositiva e serve apenas como uma sinalização para os estados e o Distrito Federal.  O projeto original contemplava apenas motocicletas de até 150 cilindradas, mas fabricantes argumentaram que esse limite deveria ser ampliado para abranger corretamente as motocicletas de baixa cilindrada.

O autor do projeto é o senador Chico Rodrigues (União-RR), e o senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) foi o relator da matéria durante sua tramitação na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

VEJA MAIS

PEC: auxílio-caminhoneiro vai pagar R$ 1 mil entre agosto e dezembro; saiba quem tem direito
Para isso, a PEC precisa ser aprovada na Câmara Federal, com o voto 'sim' de 308 deputados; a expectativa é que a proposta de emenda à Constituição seja votada na próxima semana

PEC Kamikaze: Auxílio Brasil pode chegar a R$ 600 e incluir 1,6 milhão de famílias que estão na fila
A proposta de emenda à Constituição foi aprovada no Senado Federal, em dois turnos, na quinta-feira (30); a PEC tramitará na Câmara, onde 308 deputados precisam votar à favor

Senado aprova aumento no valor do Auxílio Brasil e inclusão de 1,6 milhão de famílias no programa
A PEC segue para análise da Câmara

Durante a análise da matéria na CAE, em abril, Mecias de Jesus acolheu duas emendas, apresentadas pelos senadores Cid Gomes (PDT-CE) e Eduardo Braga (MDB-AM), que visavam estender a isenção para motos de até 170 cilindradas. Segundo Mecias de Jesus, o objetivo do projeto é contribuir para baratear as motocicletas de baixa cilindrada que são adquiridas pela população de baixa renda para prover o seu sustento

 Mecias também argumentou que não há impedimento em relação à responsabilidade fiscal, já que a proposta tem caráter autorizativo e não vai causar renúncia de receitas para a União (o IPVA não é um imposto do âmbito federal).

No ano passado, o relator lembrou que cada um dos entes federativos tem a sua própria legislação sobre esse imposto, sem que exista lei complementar que defina regras gerais a que o legislador estadual deva se submeter.

"Ainda que a existência de uma resolução não substitua a lei de cada estado no estabelecimento de alíquotas, e que a sua fixação em zero funcione apenas como piso para a incidência, não sendo obrigatória para os entes subnacionais, entendemos que a sua fixação pelo Senado estimula a sua unificação e adoção pelos demais entes", afirmou Mecias.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA