Pará tem representante entre vencedoras do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 

Iniciativa teve mais de 3 mil inscrições e dá visibilidade a negócios liderados por mulheres 

O Liberal

A 16ª edição do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios premiou em Brasília (DF), nesta quarta-feira (23), as vencedoras do evento, que teve transmissão online para todo o país. A iniciativa criada para dar visibilidade e reconhecer o empreendedorismo de mulheres, reuniu mais de três mil inscritas de todos os estados nas categorias Microempreendedora Individual (MEI), Pequena Empresa e Produtora Rural. Veronica Preuss da empresa Kakao Blumenn Chocolate Artesanal, de Marabá, no sudeste estadual, faturou o 2º lugar da premiação na categoria produtora rural.

Os primeiros lugares foram conquistados por Maria Cristina Cavassin (Spazio Cris/PR) como MEI; Silvana Louro (Equal Moda Inclusiva/RJ), Pequena Empresa; e Márcia Kafenstok (Primar Orgânica/RN), produtora rural.

VEJA MAIS

Sebrae lança polo de bioeconomia no Baixo Amazonas
Previsão de investimentos ultrapassa R$ 18 milhões, para implementar ações até 2024

Black Friday exige criatividade e inovação dos pequenos empreendedores
Gerente adjunto empresarial do Sebrae, no Pará, Péricles Carvalho orienta sobre como micros podem faturar

O segundo lugar de MEI foi para Maria Ulhoa (Fuzilli/MG); de Pequena Empresa, com Mareilde de Almeida (Saboaria/RO) e o de Produtora Rural, com Veronica Preuss (Kakao Blumenn Chocolate Artesanal/PA).

Na etapa estadual, em Belém, em outubro passado, Verônica Preuss destacou que as mulheres produtoras rurais "têm potencial e são poderosas e esse prêmio é a prova de que uma produtora rural pode ser uma empreendedora”. 

Nesta quarta-feira, as vencedoras em terceiro lugar foram Sâmila Pinheiro (Dindin da Mila Goumert/AM) como MEI; Thaís Borges (Barulhinho Bom/AL), Pequena Empresa; e Maria Rosinete (Cabanha Gunther-SC), produtora rural. 
 
O presidente do Sebrae, Carlos Melles, participou do evento e parabenizou as empreendedoras vitoriosas. Ele destacou que o Sebrae reconhece as pessoas empreendedoras, " que são a força, os braços e as pernas da nossa economia”, disse ele.

Caixa e Sebrae criam programa de estímulo à regularização de empreendedorismo feminino
Banco tem R$ 1 bilhão em crédito para microempreendedoras individuais

Círio 2022: Feira de Artesanato tem mais de 60 mil visitantes e faturamento de R$ 850 mil
Evento consolidou o talento e a produção dos artesãos do Pará como atratativos do Círio após pandemia da covid-19

O diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick, destacou que a abertura da Semana Global de Empreendedorismo (SGE) com o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios é intencional e simboliza o compromisso do Sebrae em fomentar a criação de negócios liderados por mulheres.

Bruno Quick disse que as 15 empreendedoras vencedoras representam todas as empresárias brasileiras. Já a diretora do Sebrae no Mato Grosso do Sul, Maristela França, e a diretora do Sebrae no Amapá, Marciana Costa, destacaram a criação do ''Sebrae Delas'', iniciativa que atende mais de 50 mil mulheres nos  estados.

Representando a presidência da Caixa Econômica Federal, a assessora especial estratégica, Carolina Buzato, disse que "o empreendedorismo é uma alternativa para muitas mulheres que buscam a independência financeira" 

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA