Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia Federal intima líder indígena por ‘difamação’ a Bolsonaro

Sonia Guajajara afirmou que a tentativa de criminalizá-la "é patética"

Agencia Estado

A Polícia Federal intimou a líder indígena Sonia Guajajara, uma das coordenadoras executivas Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, para depor em inquérito aberto a pedido da Fundação Nacional do Índio. Segundo a Apib, o órgão acusa a ativista e a entidade de suposta difamação contra o governo Jair Bolsonaro e divulgação de dados falsos sobre o coronavírus em razão da websérie Maracá, que aborda violações contra os povos indígenas na pandemia da Covid-19.

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil informou que Guajajara recebeu a intimação na segunda-feira. "Os discursos carregados de racismo e ódio do Governo Federal estimulam violações contra nossas comunidades e paralisam as ações do Estado que deveriam promover assistência, proteção e garantias de direitos. E agora, o Governo busca intimidar os povos indígenas em uma nítida tentativa de cercear nossa liberdade de expressão, que é a ferramenta mais importante para denunciar as violações de direitos humanos", afirmou a Apib.

A entidade frisa que mais da metade dos povos indígenas foram diretamente atingidos pela Covid-19, com mais de 53 mil casos confirmados e 1059 mortos. Em live, Sonia afirmou que a tentativa de criminalizá-la "é patética". "O governo é que tem que responder por todos os atos que está cometendo contra os povos indígenas. Justamente no mês de abril, que sempre foi um mês que esperávamos um pacote de bondades de governos anteriores, nos somos premiados com esse pacote de tentativa de silenciamento e intimidação."

Palavras-chave

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA