CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

PF encontra digitais na minuta do golpe que pode levar a mais envolvidos

Documento que seria ‘triturado’ foi apreendido na casa de Anderson Torres

O Liberal
fonte

A equipe da Polícia Federal está usando um sistema de identificação de digitais para checar a quem elas pertencem e, com isso, avançar nas investigações. Os novos indícios foram encontrados no documento apelidado de "minuta do golpe", apreendido na residência do ex-ministro da Justiça Anderson Torres. As informações são do jornalista Valdo Cruz, da GloboNews.

Segundo o investigador, o documento foi batizado de "minuta do golpe", pois propunha uma intervenção do governo federal no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por uma comissão composta por onze pessoas, sendo oito militares, foi periciado pela PF e fragmentos de digitais de várias pessoas foram encontrados.

VEJA MAIS

image Em depoimento à PF, Torres diz que empregada colocou 'minuta do golpe' em estante
O ex-secretário de Segurança do DF afirmou que desconhece autor do documento e que o considera descartável

image 'Essa guerra que se criou, essa guerra ideológica, eu não pertenço a isso', diz Anderson Torres
Ex-ministro da Justiça e ex-secretário de Segurança do DF falou sobre atos golpistas registrados em Brasília

image Valdemar diz que era 'metáfora' afirmação de que 'todo mundo' tinha uma minuta do golpe em casa
Presidente do PL presta depoimento à PF e afirma que ‘moía’ documentos

A Polícia Federal está agora comparando as digitais com o banco de dados para identificar as pessoas envolvidas e avançar nas investigações. Se digitais de outras autoridades além de Anderson Torres forem encontradas, isso pode desmentir o depoimento do ex-ministro da Justiça, de que recebeu o documento de uma pessoa desconhecida.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA