Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Grupo de servidores públicos reivindica reajuste salarial em ato

Presidente da Federação de Servidores Públicos do Estado foi recebido pela titular da Secretaria, que marcou reunião para 2 de fevereiro

Um grupo de servidores públicos do Pará realizou um ato em frente à Secretaria de Estado de Administração (Seplad), no bairro do marco, nesta terça-feira (18), para reivindicar reajuste salarial. Entre os pedidos que constam na pauta, a classe quer um aumento de 24,49% – a partir de abril deste ano, para repor as perdas salariais dos últimos quatro anos; auxílio alimentação no valor de R$ 1.275 a todos os servidores; e a renegociação de dívidas junto ao Banco do Estado do Pará (Banpará). A reportagem entrou em contato com a Seplad e aguarda posicionamento sobre a manifestação.

“Agora há pouco entregamos à secretária da Seplad, Hana, a pauta da reivindicação dos servidores públicos. Temos um Fórum composto por cerca de 18 sindicatos e reúne as mais diversas categorias de servidores. A greve é uma possibilidade, mas nesse primeiro momento queremos dialogar com o governo, especialmente por conta dos quatro anos sem reajuste salarial, além de problemas sérios no atendimento do Iasep (Instituto de Assistência dos Servidores do Pará) e também com o Banpará, haja vista que grande parte dos servidores estão endividados e queremos renegociar essas dívidas”, afirmou o presidente da Federação de Servidores Públicos do Estado do Pará (Fspepa), Valdo Martins.

Também estão entre os 13 pontos de reivindicação a realização de concurso público e o fim das contratações por Processo Seletivo Simplificado (PSS), além de criação dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) para categorias que ainda não possuem.

Assinaram a pauta representantes dos sindicatos de servidores da Polícia Militar, do Fisco, da Educação, Peritos Agrários, Saúde e outros. Ainda de acordo com Valdo, após a reunião com a secretária, ficou agendada uma reunião para o dia 2 de fevereiro, quando será dado início ao processo negociação dos itens da pauta.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA