Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex-ministra Tereza Cristina afirma que ‘União Europeia não sabe o que é a Amazônia’

A deputada falou sobre as reações dos países do bloco aos projetos que buscam garantir a posse de terras na região

Luciana Carvalho

ex-ministra da AgriculturaTereza Cristina, que deixou o cargo para disputar o Senado pelo Mato Grosso do Sul, falou sobre as reações da União Europeia aos projetos que buscam garantir a posse de terras na região da Amazônia. Segundo a deputada, os países do bloco não sabem o que é a Amazônia. As informações são da Folha de S. Paulo.

“Existem pessoas que foram levadas para aquela região pelo próprio governo há mais de 30 anos. Essas pessoas deixaram vários estados, alimentando o sonho de ser dono de uma terra. Elas estão lá nesse tempo todo e ainda não têm o direito de propriedade. Ainda assim, elas seguem um código florestal super rígido. Só podem usar 20% da terra. Precisam ter direito à terra. A União Europeia não sabe o que é a Amazônia”, afirmou.

VEJA MAIS

Amazônia só nos primeiros três meses de 2022 tem o segundo maior desmatamento em 15 anos
O Pará está em segundo lugar no ranking de desmatamento, somente no mês de março, com 27% da derrubada da floresta, representando 33 km²

Desenvolvimento da região amazônica é foco de startups
Empresas de base tecnológica criam ferramentas inovadoras para preservar recursos naturais e matérias-primas da floresta

No Congresso, Tereza vai se deparar com uma extensa agenda de votação de projetos que interessam ao agronegócio, direta ou indiretamente. Entre eles estão o novo marco da regularização fundiária, batizado de PL da Grilagem, que passou pela Câmara e está no Senado, e o projeto que trata de mineração em terra indígena, ainda com os deputados, que está sendo chamado de X-Tudo por liberar não apenas a mineração, mas uma série de outras atividades em reservas. Segundo ela, esses temas precisam ser debatidos e desmistificados.

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.)

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA