Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Eleições 2022: Candidatos ao Governo e Senado em cobertura multiplataformas

A cobertura das agendas dos candidatos será intensificada a partir da próxima sexta-feira (26) em diferentes formatos pelo Grupo Liberal

Laís Santana

O Grupo Liberal promoveu, na tarde desta terça-feira (23), uma reunião com as assessorias de imprensa dos candidatos ao Governo do Pará nas Eleições 2022. O encontro foi organizado com o objetivo de alinhar, junto às equipes de comunicação, como será a divulgação das agendas e a série de entrevistas com os candidatos ao Governo do Estado.

VEJA MAIS

Viu algum crime eleitoral? Saiba como denunciar por meio do aplicativo Pardal
Qualquer pessoa pode usar o app para fazer denúncias

Eleições 2022: testes de eficiência da urna eletrônica serão realizados em Belém e Marabá
35 dispositivos serão escolhidos por partidos para checagem de integridade e autenticidade no dia da eleição

A cobertura será em multiplataformas: os impressos O Liberal e Amazônia Jornal, o site OLiberal.com, as redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e a Rádio Liberal. A divulgação das agendas dos candidatos ao Governo do Estado do Pará se inicia a partir de sexta-feira (26), mesma data que começa a propaganda eleitoral gratuita no rádio e televisão. 

Já as entrevistas se iniciam em 15 de setembro, logo após a série de entrevistas que O Liberal fará com os candidatos à Presidência da República, de 5 a 14 de setembro, em parceria com mais oito grupos de comunicação da Amazônia. Todas terão uma hora de duração.

VEJA MAIS 

Eleições 2022: Conheça os vices nas chapas dos candidatos ao Governo do Pará
Na lista, há 5 homens e três mulheres. Alguns disputam a eleição pela primeira vez

Maioria dos candidatos no Pará são homens, casados e pardos
Entre os registros, o TSE aponta que 66% dos candidatos são homens (649), frente a 34% de mulheres (339)

As entrevistas ao vivo serão no mesmo horário dos candidatos à Presidência - entre 12h30 e 13h30 - e ocorrerão de forma alternada, entre os cinco candidatos melhor posicionados ao Governo do Estado e os cinco melhor posicionados ao Senado, de acordo com pesquisa a ser divulgada pelo instituto Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec). A ordem das entrevistas será definida em nova reunião a ser convocada, após a divulgação dos números. Os três candidatos ao Governo do Estado que não figurarem nas cinco primeiras colocações terão entrevistas gravadas e divulgadas nos jornais impressos e plataformas digitais na íntegra, com 30 minutos de duração.

Participaram da reunião representantes de sete dos oito candidatos ao Governo do Estado. Apenas a assessoria do candidato Major Marcony não compareceu, mas justificou a ausência.

Para Daniel Nardin, diretor de Conteúdo do Grupo Liberal, além da cobertura da agenda, as entrevistas serão mais um momento para conhecer melhor os candidatos e as propostas. “Ao longo do mês inteiro de setembro nós vamos ter quase todos os dias entrevistas com um candidato majoritário. Vamos fazer em um tempo maior para que o candidato possa apresentar suas propostas, queremos levar ao cidadão, ao leitor, ao ouvinte e quem está nas redes, o que cada um pretende fazer em seus mandatos para a região amazônica e para o Estado durante a sua gestão. Esse é o nosso papel, trazer o máximo de informação para que o cidadão possa conhecer e formar sua opinião", diz. 

Um dos pontos altos será a parceria com os veículos da Amazônia para entrevistar os candidatos à presidência. A iniciativa, chamada de “Propostas para a Amazônia - Rodada de Entrevistas com os candidatos à Presidência da República" inicia em 5 de setembro, Dia da Amazônia. Além do Grupo Liberal, do Pará, participarão da série os seguintes grupos e veículos de comunicação: Imirante, do Maranhão; A Crítica, do Amazonas; Diário da Amazônia, de Rondônia; Gazeta do Cerrado, de Tocantins; Grupo Gazeta, do Mato Grosso; Roraima em Tempo, Gazeta do Acre e Diário do Amapá.

“Então teremos um grande momento com os candidatos à Presidência dizendo o que pensam e querem para a nossa região e, na sequência, candidatos ao Governo do Estado e ao Senado, de forma alternada, garantindo um amplo espaço de apresentação de propostas e ideias”, ressaltou Nardin.

Ao fim da reunião com os assessores dos candidatos ao governo, os profissionais assinaram a proposta apresentada. O documento será protocolado no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA). O advogado Robério D'Oliveira, assessor jurídico do Grupo Liberal, ressalta que o consenso sobre o encaminhamento das entrevistas e cobertura de campanha beneficia principalmente o eleitor. 

"A contribuição de todos na aprovação de um documento deixa muito mais confortável e livre a todos para participarem do processo. O Grupo Liberal está visando, basicamente, o cidadão eleitor, visando informar que só vem ajudar lá na ponta", acrescenta.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA