Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CPI da Vale é instalada

Igor Normando (Podemos) é o relator da CPI, que será presidida por Eraldo Pimenta (MDB)

Redação Integrada

Na manhã desta quarta-feira (26), foi instalada a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que tem como objetivo investigar a atuação da empresa Vale no Estado do Pará. O evento ocorreu no auditório João Batista, da Assembleia Legislativa (Alepa), e também foi marcado pela escolha do presidente e do relator da Comissão. 

Além de Ozório Juvenil (MDB), autor do requerimento pedindo a criação da CPI, fazem parte da Comissão Eraldo Pimenta (MDB), Cilene Couto (PSDB), Carlos Bordalo (PT), Miro Sanova (PDT), Igor Normando (Podemos) e Eliel Faustino (DEM). Todos os sete membros estavam presentes. 

Durante a reunião desta quarta, o deputado Carlos Bordalo abriu os trabalhos de instalação e a deputada Cilene Couto apresentou uma proposição com os nomes do deputado Eraldo para presidente, Carlos Bordalo como vice-presidente e Igor Normando como relator. Em seguida, esses parlamentares foram eleitos para os cargos propostos.

O trabalho da Comissão está previsto para durar 90 dias, mas o prazo pode ser prorrogado. De acordo com Eraldo Pimenta, a Comissão vai se reunir nas terças-feiras e quartas-feiras, após sessão deliberativa. "E ainda iremos elaborar o plano de trabalho e pensar no primeiro convocado, veremos as prioridades", declarou.

Já o deputado Igor Normando informou que todas as sugestões enviadas para CPI, para a composição do cronograma de trabalho, serão avaliadas. "Daremos tempo para que cada deputado da comissão envie para a relatoria as ideias e sugestões que ajudarão no trabalho. Posterior a isso, vamos tentar compilar essas informações e sugestões para apresentar à comissão um plano discutido de forma democrática, e dar início às diligências com celeridade. O trabalho da relatoria, de toda a CPI, será com transparência e responsabilidade", disse o relator.

Palavras-chave

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA