Bolsonaro é investigado em mais uma ação no TSE

Ex-presidente passa a responder por suposto abuso de poder ao usar dependências do governo na campanha política

O Liberal
fonte

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Benedito Gonçalves, aceitou, nesta quinta-feira (19), nova ação judicial contra o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), somando agora 16 ações pedidos de investigação contra o ex-presidente. As informações são do G1 nacional.

VEJA MAIS

image ‘Fiquei com a impressão que era o começo de um golpe de Estado’, diz Lula sobre ataques em Brasília
Em entrevista, presidente afirma que ficou com a impressão de que grupo ‘estava acatando ordem e orientação que o Bolsonaro deu durante muito tempo’

image Bolsonaro quebra o silêncio nos EUA e diz que vandalismo em Brasília é 'inacreditável’; veja o vídeo
Ex-presidente fez balanço da gestão, ressaltando emprego e preço da gasolina

O novo procedimento apura suposto abuso de poder político e econômico e pode levar Bolsonaro à inelegibilidade. A ação foi aberta a pedido da coligação do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e aponta a realização de atos de campanha por Bolsonaro nas dependências do Palácio do Planalto e do Palácio da Alvorada, incluindo o anúncio de apoios para sua candidatura na disputa do segundo turno das eleições de 2022.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA