Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Alepa aprova projeto de Lei para criação de Dia Estadual do Cosplay

Matéria é de autoria do deputado Fábio Freitas, que considera o reconhecimento destes trabalhadores interesse público

Natália Mello

Reconhecer o trabalho das pessoas por trás das fantasias de personagens dos quadrinhos e animes foi o mote do projeto do deputado Fábio Freitas (PL n°  171/2019), que cria o Dia Estadual do Cosplay. A matéria foi aprovada nesta terça-feira (19), na sessão ordinária da Assembkeia Legislativa do Pará (Alepa), e contou com a participação de cinco nomes bastante conhecidos: O Máscara, Homem Aranha, Réptil (Mortal Kombat), e Sakura Haruno e Sasuke Uchiha, estes últimos do anime Naruto.

Breno Pereira da Costa tem 37 anos e trabalha há seis como cosplay do Réptil, personagem do jogo Mortal Kombat. Ele comenta que o grupo embaixo das máscaras procura fazer mais do que diversão e arte, e trabalha para atuar também com responsabilidade social. “A gente sempre procurou fazer de iniciativa própria algumas ações sociais junto a comunidades carentes, e hospitais pediátricos, asilos, comunidade ribeirinhas. E isso chamou a atenção de alguns órgãos, pessoas, e representantes políticos” comenta.

Para os trabalhadores, o Dia Estadual do Cosplay é para garantir que, além de iniciativa própria, os trabalhadores tenham mais recursos para proporcionar essas ações sociais. “Estamos tentando levar mais dessa cultura pop, como é o cosplay, para a comunidade em geral. A gente leva os personagens favoritos para as crianças nos hospitais, leva para a comunidade, procura fazer arrecadação de alimentos, de brinquedos, de livros, porque elas adoram os personagens favoritos dos seus filmes, dos seus desenhos. Nessas ações, deixamos tudo mais alegre, mais lúdico”, finaliza Breno.

O deputado Fábio Freitas lembra que o cosplay começou com a criação própria de personagens de ficção, e hoje atende a todos os ramos, e com o tempo se tornou uma tradição. “Se espalhou por todos os tipos de convenções, a envolver séries ou personagens, principalmente as de Jornada nas estrelas (Star Trek) e Guerra nas estrelas (Star Wars), no qual as pessoas fantasiadas tornaram-se atração principal, em concursos de fantasia e interpretações de cenas dos filmes ou episódios, o que permitia revelar talentos de nível”, disse, na justificativa do projeto. O deputado considera o reconhecimento destes trabalhadores uma ação de interesse público.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA