logo jornal amazonia

Trio suspeito de aplicar golpe em aposentadoria de idosos é capturado em Abaetetuba e Ananindeua

Mandados de prisão e busca e apreensão foram cumpridos pela Diretoria de Polícia do Interior (DPI)

O Liberal

Três pessoas, que não tiveram identidades reveladas, foram presas pela Polícia Civil (PC) em Abaetetuba, no nordeste paraense, e em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, pelo crime estelionato. Mandados de prisão e busca e apreensão foram cumpridos pela Diretoria de Polícia do Interior (DPI). De acordo com a polícia, os suspeitos seriam integrantes de uma associação criminosa que se passava por advogados e prometiam para as vítimas, que na maioria das vezes eram idosos, de aposentá-los ou converter outros benefícios assistenciais em aposentadoria. As informações foram divulgadas pelo site Agência Pará. 

Veja mais 

Estelionato: empresa de assessoria financeira é investigada por aplicar golpes em Belém
Funcionários públicos são as principais vítimas. Prejuízo já passa de um milhão de reais

Servidores públicos são alvo do ‘golpe do empréstimo’ praticado por financeira em Belém
Prejuízo chegou a 370 mil reais apenas para uma das mais de 100 vítimas, segundo advogada que representa alguns ex-clientes da empresa Lótus. No Amazonas, quatro pessoas ligadas à financeira já foram presas em operação da Polícia Federal

Golpe do título cancelado: conheça e saiba como se prevenir em tempos de segundo turno eleitoral
Criminosos se aproveitam de épocas específicas e adaptam golpes, diz Delegado da Polícia Civil do Pará

A ação contou com o apoio de equipes da Superintendência Regional do Baixo Tocantins (4° RISP), por meio da Delegacia de Polícia e da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) do município de Barcarena, também no nordeste do Estado. Os envolvidos foram capturados pelos crimes de associação criminosa, estelionato majorado e estelionato simples. 

As investigações da PC observaram que a partir do contato, as vítimas forneciam documentos e cartões bancários juntos com a senha para os suspeitos. Com isso, o trio realizava empréstimos consignados não autorizados e desvios indevidos dos proventos de aposentadoria dos idosos. A autoridade policial aponta que apenas no mês passado, oito pessoas, sendo cinco idosos, procuraram a Delegacia de Polícia para denunciar crimes praticados pelos suspeitos. 

Em posse da identificação dos suspeitos, os policiais conseguiram localizá-los e efetuaram as capturas. Foram apreendidos celulares, documentos e vários cartões bancários. Todo material será periciado. Um inquérito foi instaurado para investigar o caso e a possível participação de mais pessoas no golpe. 
O trio de suspeitos foi encaminhado à unidade policial para interrogatório e depois levados para à Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), onde ficarão à disposição da Justiça.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA