Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sargento é acusado de abandonar posto no quartel para participar de execução em Cumaru do Norte

Crime ocorreu na madrugada do dia 27 de novembro de 2021

O Liberal

O 2º sargento Leandro Duayne Araújo da Silva, da Polícia Militar do Pará, está sendo acusado de abandonar o posto de serviço, em Cumaru do Norte, na Região do Araguaia, no sul do Pará, para participar da execução de dois homens a tiros. o crime ocorreu na madrugada do dia 27 de novembro de 2021, por volta das 02h28, época em que o militar encontrava-se escalado para o comando de missões do 40º Pelotão de Polícia Destacado local. Ele estaria acompanhado do 2º sargento Serafim Lima Feitosa e do engenheiro Jair.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram uma caminhonete branca perseguindo uma motocicleta com dois passageiros. Em seguida, os ocupantes da motociclista estacionam em frente a uma casa, momento em que o veículo  para ao lado dos dois homens executa a tiros por um ocupante do veículo. O atirador seria o sargento Leandro Duayne, então comandante do 40º Pelotão de Polícia Destacado local.

O caso começou a ser investigado a partir de um procedimento aberto pela Promotoria Militar, com base em imagens de câmera de segurança que circularam na rede social. 

O promotor militar, Armando Brasil, acionou o Conselho de Disciplina da PM para apurar a conduta do sargento, após apresentar uma denúncia contra ele à Justiça Militar por abandonar o serviço. O processo sobre o duplo homicídio do qual o militar está sendo apontado de participação tramita na justiça estadual. As imagens de câmeras de segurança, anexadas ao processo. 

Uma denúncia contra o sargento pelo crime de abandono de posto foi apresentada à Justiça Militar na última terça-feira (17) onde o promotor militar, apontando que foi aberto um inquérito policial militar (IPM) para apurar a veracidade de um vídeo veiculado nas redes sociais, em que é citado o nome do sargento Leandro Duayne, que estaria envolvido em um duplo homicídio.

Outros militares ouvidos no IPM confirmaram que o sargento Leandro Duayne costumava abandonar o posto de comando, delegando poderes para subordinados, enquanto saía para beber e se divertir pelas casas noturnas da cidade.

Após apresentar os depoimentos dos colegas de serviço e de outras pessoas, Armando Brasil pediu à Justiça Militar o recebimento da denúncia por abandono de posto, para citar o acusado e notificar as testemunhas arroladas e o envio de cópia dos autos para a Vara da Comarca de Cumarú do Norte, a fim de que se proceda a apuração do suposto homicídio doloso perpetrado. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA