Polícia desarticula esquema de tráfico de drogas em Afuá, no Marajó

Três adultos e um adolescente foram apreendidos na noite de sexta-feira (15)

Redação Integrada

A Polícia Civil, em conjunto com a Polícia Militar, deflagrou a "Operação Navius", desarticulando o que considerou um grande esquema de tráfico de drogas em Afuá, no Marajó. A ação foi realizada por volta das 23 horas de sexta-feira (15). A partir de informações, a Polícia Militar chegou em Matheus Alfaia Martins. Ele é de Macapá e já responde vários processos criminais. Os policiaIs conduziram o suspeito até a delegacia de Afuá para as devidas providências. Na delegacia, eles constataram a veracidade das informações. Ainda segundo a Polícia, Matheus confessou que, juntamente com seu sobrinho Oseias Cardoso e um adolescente, estava comercializando drogas na cidade. Eles alugaram um apartamento e guardavam a droga enterrada no quintal da vila.

Em uma ação rápida, os policiais localizaram o apartamento e apreenderam 120 petecas de crack, 18 trouxas de cocaína, uma pedra de oxi, pesando 12 gramas, e um saco com 10 gramas de cocaína, além de R$ 91. Ainda segundo a Polícia Civil, os acusados confessaram que a droga chegava na cidade por intermédio de Aldeci de Nazaré Oliveira. Aldeci é dono de uma embarcação batizada de "Ismar Junior", que realiza viagens de Afuá para Macapá e de Macapá para Afuá. Aldeci é conhecido na cidade como "Silas" e já vinha sendo investigado pela polícia pela prática dos crimes descritos nos artigos 33 e 35 da lei 11343/06 (que institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas - Sisnad e estabelece normas para repressão à produção não autorizada e ao tráfico ilícito de drogas).

Em outros processos, acusados mencionaram Silas como a pessoa que realiza o transporte de drogas para a cidade em seu barco. Autuados por tráfico de drogas, associação e corrupção de menores, os acusados estão custodiados na delegacia até decisão judicial. A operação ocorreu na jurisdição da 8ª RISP (Superintendência Regional do Marajó Ocidental);

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA