Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia Civil cumpre mandado de busca com base em crimes de exploração sexual e prende um homem

Durante a ação, celulares, tablets, computadores e dispositivos eletrônicos utilizados para armamento de vídeos pornográficos também foram apreendidos

O Liberal

A Polícia Civil (PC) deflagrou a operação "Grooming" que cumpriu seis mandados de busca e apreensão, na manhã desta terça-feira, em Belém, com base em investigações de crimes relacionados a abuso e exploração sexual. Um homem foi preso em flagrante delito. Durante a ação, celulares, tablets, computadores e dispositivos eletrônicos utilizados para armamento de vídeos pornográficos também foram apreendidos.

A ação foi articulada pela Divisão de Combate a Crimes Contra Grupos Vulneráveis Praticados por Meios Cibernéticos (DCCV), Diretoria Estadual de Combate a crimes Cibernéticos (DECCC), Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV), além de peritos da Polícia Científica do Pará participaram da operação. Os aparelhos e os conteúdos pornográficos serão encaminhados para análise da Polícia Científica do Pará (PCP).

O delegado-geral da PC, Walter Resende, afirmou que a operação faz parte de uma atuação constante de combate a crimes contra vulneráveis. “Estamos intensificando as ações para o enfrentamento aos crimes contra crianças e adolescentes praticados no meio digital. Com a promoção de constantes qualificações conseguimos combater a criminalidade e elucidar crimes, mostrando que a instituição está atenta ao combate à modalidade cibernética”, afirmou.

Lua Figueiredo, delegada que coordenou a operação, revela que as investigações dos crimes relacionados ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet foram iniciadas há 10 meses. Ela ressalta que, inicialmente, três vítimas foram aliciadas pelo investigado por meio de redes sociais. “Essa operação é direcionada para o combate da pornografia infantil praticada por meio da internet. Durante as investigações, nossas equipes identificaram perfis falsos que estavam sendo utilizados para aliciar crianças para produção de vídeos pornográficos’, contou a delegada.

(Com informações da Agência Pará de notícias)

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA