PF cumpre mandados de busca e apreensão contra pessoas ligadas à Prefeitura de Bagre

Até o momento, R$ 400 mil já foram apreendidos na posse dos investigados

Redação Integrada

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta terça-feira (03), a partir da Operação Catfish, oito mandados de busca e apreensão expedidos pela 3ª Vara Criminal da Justiça Federal de Belém, e requeridos pelo Ministério Público Federal, contra pessoas ligadas à Prefeitura de Bagre, município pertencente à Mesorregião do Marajó. Segundo a PF, os alvos são suspeitos de fraudarem licitações da cidade e, apesar serem ligados àquela prefeitura, todos os mandados foram cumpridos em Belém.

 

Até o momento, foram apreendidos documentos, mídias, joias e quase R$ 400 mil na posse dos investigados.

Apreensão ocorreu nesta manhã (03) (ASCOM PF)

Questionados sobre quem são os investigados e outras questões relativas à operação, a PF informou que outros detalhes seriam repassados pelo MPF, órgão que fez o requerimento da ação. O MPF, entretanto, por meio de sua assessoria, afirmou que "não irá divulgar informações além dessas já divulgadas pela PF", mas garantiu que o caso segue em investigação.

Operação Catfish foi requerida pelo Ministério Público Federal (ASCOM PF)
Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA