Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

PF apreende material arqueológico que estava à venda em loja de artesanato de Alter do Chão

No estabelecimento foram encontrados 7 machados de pedra que constituem material arqueológico e não podem ser comercializados

Com informações do portal O Estado Net

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão em uma das lojas de produtos artesanais mais conhecidas da vila balneária de Alter do Chão, em Santarém, no oeste do Pará. A medida, concedida pela Justiça Federal em Santarém, teve como alvo o estabelecimento Araribá Cultura Indígena, de propriedade de Marcelo Gananca, como parte da operação Ceharitauá, que visa reprimir a comercialização de materiais arqueológicos.

Deflagrada na manhã desta segunda-feira (19), a operação contou com a participação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Na loja, foram encontrados 7 machados de pedra que constituem material arqueológico, portanto não poderiam estar sendo comercializados.

O flagrante configura crime previsto no art. 2º § 1º da Lei nº 8.176, de 1991, que pode gerar pena de detenção de 1 a 5 anos e multa. O dono do estabelecimento recebeu voz de prisão e foi levado para prestar depoimento na delegacia da PF.

Ceharitauá, nome dado à operação, significa machado de pedra na língua Tupi.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA