Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Neguinho Galinha' é perseguido e morto a tiros em frente a comércio

Crime aconteceu em frente a um comércio

O Liberal

A Polícia Civil ouviu testemunhas e iniciou as investigações para tentar identificar o assassino do homem, conhecido somente pelo apelido de "Neguinho Galinha". Ele foi morto com vários tiros, na tarde deste sábado (23), em Redenção, no sudeste do Pará. O crime aconteceu em frente a um estabelecimento comercial, na avenida Belo Horizonte, no Setor Capuava. Ninguém foi preso. Com informações do site Native News Carajás.

VEJA MAIS

Homem é executado com nove tiros na cabeça em Goianésia do Pará
O corpo da vítima foi encontrado por populares na zona rural do município do sudeste paraense

Motorista é executado com 8 tiros dentro do carro em Ananindeua
Ele tinha 67 anos de idade e crime ocorreu na esquina da Alameda Paulo Maranhão com a rua Paulo Maranhão

Dupla invade casa e mata morador a tiros em Porto de Moz, no Pará
Segundo informações, a vítima tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas

Testemunhas informaram que a vítima correu para tentar escapar do homicida, mas ele foi perseguido e baleado até a morte. O atirador fugiu e a polícia realiza diligências para identificá-lo e esclarecer o porquê do crime.

A informação é de que na hora em que o atirador apareceu, a vítima estava sentada em frente ao estabelecimento comercial. O homem se aproximou dele e começou a atirar. Ele ainda tentou correr, mas caiu logo à frente e recebeu mais tiros do criminoso.

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área até a chegada das equipes das polícias Civil e Científica. Segundo a PM, no local foram encontradas diversas cápsulas de pistola ponto 380, arma de alto impacto.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA